NESTA QUINTA-FEIRA (21/11) OS RADARES ESTARÃO OPERANDO NOS SEGUINTES LOCAIS: 

RADAR 1 - RUA LOURENÇO INNOCENTINI (CENTRO/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 50 KM/H; 

RADAR 2 – AVENIDA COMENDADOR ALFREDO MAFFEI (CENTRO/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H; 

RADAR 3 - RUA DR. MARINO DA COSTA TERRA (BAIRRO/CENTRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 50 KM/H.

Já se tornou pública a licitação do transporte coletivo de São Carlos. Pra variar, a concorrência apresenta alguns fatos muito estranhos, que a gente começa a decifrar.

Magnânimo

O hiper, mega, ultra, super secretário Márcio Marino, o moço que consegue “gerir” três secretarias ao mesmo tempo, dá mais esta esbofeteada na cara do contribuinte. O iluminado quer definir as especificações do transporte público até seis meses após a assinatura do contrato. Segundo o que consta da licitação, é após este período que a vencedora deverá fazer uma pesquisa Origem/Destino para fazer um diagnóstico do transporte público.

Ou seja...

Quem vencer a licitação do transporte público, vai pegar um sistema às cegas, não saberá o que o transporte contempla e o que deixa a desejar. Se a licitação fosse no mínimo séria, com interesses voltados ao usuário, uma pesquisa de Origem e Destino seria feita antes da licitação. A coluna está certa ou errada, Laire?

Mais uma

A Prefeitura de São Carlos vai construir mais quatro pontos de integração para o benefício da concessionária. Caramba. Se a concessionária vai explorar o serviço por 10 anos, que banque a construção dos terminais, catzo!

Pegadinha do Malandro, há!

Outra pegadinha da licitação. A concessionária deve dispor de APENAS 30 VEÍCULOS ZERO QUILÔMETRO. O ano de fabricação dos demais não deve passar de 5 ANOS DE FABRICAÇÃO. Raios que o partam: veículos com 5 anos de fabricação são SUCATÕES.

Exemplo

Um ônibus roda por dia 400 quilômetros. Na semana, são 2800 quilômetros. No mês 12 mil quilômetros, no ano, 146 mil quilômetros, em 5 anos, 730 mil quilômetros. Isso mesmo: um ônibus com cinco anos de uso rodou perto de UM MILHÃO DE QUILÔMETROS!!!

Pouco?

São Carlos tem algo em torno de 60 linhas. O edital exige 104 veículos mais 12 de reserva. Uma pergunta: isso tudo não é muito pouco?

E o wi-fi?

O prefeito falou bastante sobre o tal do wi-fi. Que todos os ônibus teriam internet sem fio. Pois bem. Este assunto é tratado na licitação: o sistema de internet, mais ar-condicionado, deve constar em 50% da frota, NOS DOIS PRIMEIROS ANOS DE LICITAÇÃO. Após, será disponibilizado a toda a frota 25% AO ANO.

Bom, mas nem tanto...

O termo de referência da licitação trata de algo positivo. O sistema de cobrança deverá ser cedido em até 90 dias do final da vigência do contrato de Concessão, para a Prefeitura Municipal de São Carlos. Isto evita a confusão que vivenciamos com a troca da empresa de transporte. Mas não é tão bom assim: não é a Prefeitura gerencia quanto a empresa fatura. Daí a necessidade da municipalização da bilhetagem. E ponto final!

Reclamação

Aqui vai alguns recados a Suzantur. No ônibus que veio de Santa Eudóxia para São Carlos nesta semana vieram mais de 100 passageiros.

Reclamação II

Passageiro está puto da vida com a empresa. Disse que pagou R$ 3,50 na linha Aracy. Depois de alguns pontos, o ônibus lotou e o cobrador liberou geral. Passageiros entraram sem pagar. Ao questionar o cobrador, o mesmo disse ao passageiro: “aqui quem manda no pedaço sou eu!”

Reclamação III

Idosos estão reclamando da que não têm espaço destinado a eles nos bancos da frente.

Reclamação IV

Passageiros dizem que ao atingir a lotação, os ônibus da Suzantur deixam passageiros para trás.

Reclamação V

Passageiros reclamam de falta de comunicação com a Suzantur. Não tem telefone e o e-mail divulgado na traseira do ônibus, ninguém responde.

E aí?

Diante de tudo o que foi relatado, cabe uma pergunta: e aí, Suzantur! Como fica?

E aí II ?

E aí Ministério Público! E aí Justiça! Como fica?

Até quarta

 

O bom malandro é aquele que se faz de bobo para sobreviver em um mundo de caçadores. (Josma ). Fale com a gente: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo