NESTA QUARTA-FEIRA (14/11/18) OS RADARES MÓVEIS ESTARÃO NAS SEGUINTES VIAS: 

RADAR 1 – AV. TRABALHADOR SÃO-CARLENSE (CENTRO/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H; 

RADAR 2 - AV. TRABALHADOR SÃO-CARLENSE (BAIRRO/CENTRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H. 

RADAR 3 - RUA JOSÉ BONIFÁCIO X RUA 1º DE MAIO (CENTRO/BAIRRO) – VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 50 KM/H.

Já se tornou pública a licitação do transporte coletivo de São Carlos. Pra variar, a concorrência apresenta alguns fatos muito estranhos, que a gente começa a decifrar.

Magnânimo

O hiper, mega, ultra, super secretário Márcio Marino, o moço que consegue “gerir” três secretarias ao mesmo tempo, dá mais esta esbofeteada na cara do contribuinte. O iluminado quer definir as especificações do transporte público até seis meses após a assinatura do contrato. Segundo o que consta da licitação, é após este período que a vencedora deverá fazer uma pesquisa Origem/Destino para fazer um diagnóstico do transporte público.

Ou seja...

Quem vencer a licitação do transporte público, vai pegar um sistema às cegas, não saberá o que o transporte contempla e o que deixa a desejar. Se a licitação fosse no mínimo séria, com interesses voltados ao usuário, uma pesquisa de Origem e Destino seria feita antes da licitação. A coluna está certa ou errada, Laire?

Mais uma

A Prefeitura de São Carlos vai construir mais quatro pontos de integração para o benefício da concessionária. Caramba. Se a concessionária vai explorar o serviço por 10 anos, que banque a construção dos terminais, catzo!

Pegadinha do Malandro, há!

Outra pegadinha da licitação. A concessionária deve dispor de APENAS 30 VEÍCULOS ZERO QUILÔMETRO. O ano de fabricação dos demais não deve passar de 5 ANOS DE FABRICAÇÃO. Raios que o partam: veículos com 5 anos de fabricação são SUCATÕES.

Exemplo

Um ônibus roda por dia 400 quilômetros. Na semana, são 2800 quilômetros. No mês 12 mil quilômetros, no ano, 146 mil quilômetros, em 5 anos, 730 mil quilômetros. Isso mesmo: um ônibus com cinco anos de uso rodou perto de UM MILHÃO DE QUILÔMETROS!!!

Pouco?

São Carlos tem algo em torno de 60 linhas. O edital exige 104 veículos mais 12 de reserva. Uma pergunta: isso tudo não é muito pouco?

E o wi-fi?

O prefeito falou bastante sobre o tal do wi-fi. Que todos os ônibus teriam internet sem fio. Pois bem. Este assunto é tratado na licitação: o sistema de internet, mais ar-condicionado, deve constar em 50% da frota, NOS DOIS PRIMEIROS ANOS DE LICITAÇÃO. Após, será disponibilizado a toda a frota 25% AO ANO.

Bom, mas nem tanto...

O termo de referência da licitação trata de algo positivo. O sistema de cobrança deverá ser cedido em até 90 dias do final da vigência do contrato de Concessão, para a Prefeitura Municipal de São Carlos. Isto evita a confusão que vivenciamos com a troca da empresa de transporte. Mas não é tão bom assim: não é a Prefeitura gerencia quanto a empresa fatura. Daí a necessidade da municipalização da bilhetagem. E ponto final!

Reclamação

Aqui vai alguns recados a Suzantur. No ônibus que veio de Santa Eudóxia para São Carlos nesta semana vieram mais de 100 passageiros.

Reclamação II

Passageiro está puto da vida com a empresa. Disse que pagou R$ 3,50 na linha Aracy. Depois de alguns pontos, o ônibus lotou e o cobrador liberou geral. Passageiros entraram sem pagar. Ao questionar o cobrador, o mesmo disse ao passageiro: “aqui quem manda no pedaço sou eu!”

Reclamação III

Idosos estão reclamando da que não têm espaço destinado a eles nos bancos da frente.

Reclamação IV

Passageiros dizem que ao atingir a lotação, os ônibus da Suzantur deixam passageiros para trás.

Reclamação V

Passageiros reclamam de falta de comunicação com a Suzantur. Não tem telefone e o e-mail divulgado na traseira do ônibus, ninguém responde.

E aí?

Diante de tudo o que foi relatado, cabe uma pergunta: e aí, Suzantur! Como fica?

E aí II ?

E aí Ministério Público! E aí Justiça! Como fica?

Até quarta

 

O bom malandro é aquele que se faz de bobo para sobreviver em um mundo de caçadores. (Josma ). Fale com a gente: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.



Comentário(s) 

+1
bom de boca | 19 Setembro 2016
só falou de Buzão hoje? bem meia boca essa segunda mas tudo bem!!!
+2
Eleitor do Centro | 17 Setembro 2016
"Passageiros reclamam de falta de comunicação com a Suzantur. Não tem telefone e o e-mail divulgado na traseira do ônibus, ninguém responde." A Central de Atendimento será inaugurada segunda-feira. Reclamações, com o promotor.
"Diante de tudo o que foi relatado, cabe uma pergunta: e aí, Suzantur! Como fica?" Estão em período de transição.
"E aí Ministério Público! E aí Justiça! Como fica?" Já estão negociando um acordo com a Suzantur e a Prefeitura para que os problemas sejam resolvidos.
+1
Morador do Centro | 17 Setembro 2016
"No ônibus que veio de Santa Eudóxia para São Carlos nesta semana vieram mais de 100 passageiros." É um trucado. Cabe 55 passageiros sentados e 50 em pé.
"Idosos estão reclamando da que não têm espaço destinado a eles nos bancos da frente." Idosos poderiam entrar pelas portas traseiras ou a Suzantur poderia criar um Bilhete Idoso que permitissem que eles passassem pela catraca sem pagar.
"Passageiros dizem que ao atingir a lotação, os ônibus da Suzantur deixam passageiros para trás." Isso provavelmente será resolvido esta semana, com a operação final, uma vez que os Volare W9 irão para as linhas de menor demanda e irá acabar a farra dos cartões vazios, cartões falsos e do pessoal que entra sem pagar.
+1
Victor do Centro | 17 Setembro 2016
"veículos com 5 anos de fabricação são SUCATÕES" Não, não é. A Athenas Paulista chegou a rodar com ônibus de 29 anos de fabricação.
"São Carlos tem algo em torno de 60 linhas. O edital exige 104 veículos mais 12 de reserva. Uma pergunta: isso tudo não é muito pouco?" O número de linhas será reduzido.
"Mas não é tão bom assim: não é a Prefeitura gerencia quanto a empresa fatura." O que tem isso de errado?
+4
Hamas | 16 Setembro 2016
Pesquisa Origem/Destino para fazer um diagnóstico do transporte público , essa ideia do Lineu do PT é ótima , sem isso não existe diagnóstico de nada nem de preço , mas a pergunta que vale um milhão é , porque os ônibus da Suzantur levam o brasão da prefeitura ? a prefeitura é sócia na empresa? e porque algum iluminado mandou cobrir o mesmo brasão e os dizeres Prefeitura Municipal de São Carlos nas viaturas oficiais?
+13
Cidadã | 09 Setembro 2016
Pior de tudo é ver o prefeito fingindo lagrimas de crocodilo affffffffffff
+12
MP investiga | 09 Setembro 2016
Atrasos, superlotação, ônibus inadequados para a demanda, com uso de mais modelos de micros e miniônibus, e quebras constantes ....

“Nós colocamos até o dia 5, segunda-feira, o compromisso para a Suzantur de regularizar esse serviço, parando com os problemas de superlotação, cessando os problemas de atraso”, disse o promotor Denilson Freitas à EPTV.

O Ministério Público ainda investiga possível favorecimento da empresa Suzantur para que ela assumisse os transportes em São Carlos.
(blogpontodeonibus)
+7
Polêmica em Mauá | 09 Setembro 2016
A empresa de ônibus Suzantur não tinha experiência em transporte urbano até 2013, quando foi convidada pela [...]istração Donisete Braga, do PT de Mauá, a operar os transportes da cidade emergencialmente após o descredenciamento das empresas...
Após o contrato emergencial, a Suzantur participou de licitação em 2014 e se tornou a única empresa operadora de transportes em Mauá.
A licitação também foi polêmica pelo fato do edital trazer exigências muito próximas à realidade da Suzantur e inferiores ao que foi exigido das antigas operadoras da cidade na licitação de 2008-2010, como tempo de experiência comprovada, algo que a Suzantur não tinha no transporte urbano.
-blogpontodeonibus
+17
oráculo político | 09 Setembro 2016
Perguntas que não quer calar. O Ministério Público está acompanhando a licitação? Se não ficar atento, a lambança no transporte público municipal continuará. Sairá a empresa que agradava os vereadores e entrará aquela de quem os vereadores esperam receber agrado. O jabá sempre correu solto nessa matéria e, se não houver, permanente fiscalização do Ministério Público, não vai acabar. A população de São Carlos e, principalmente, os usuários do transporte coletivo, merecem respeito.
+14
LAIRE | 09 Setembro 2016
Tem mais, o Sr. Márcio Marino disse que a Prefeitura não gastaria mais nada com o transporte público e agora vem com essa de construir os terminais... Por que então não prestou atenção no outro modelo de licitação colocado na comissão de licitação, lá sim a prefeitura precisaria adaptar os terminais para o novo sistema onde o lucro ficaria com a prefeitura e que seria repassado para a melhoria dos pontos de ônibus, mais descontos a usuários carentes, recapeamento e sinalização das vias onde os ônibus trafegassem e terminais melhores.
+14
LAIRE | 09 Setembro 2016
O povo não quer wi fi, quer tarifa baixa e eficiência no transporte. A Prefeitura (na pessoa do supersecretário) nem quis ver o outro modelo que foi colocado por mim naquela comissão criada pelo promotor Denilson para gerar essa licitação, onde o transporte coletivo seria dividido em 5 partes mais a bilhetagem eletrônica que ficaria a cargo da Prefeitura. Quero ver outra empresa (sem subsídio) cobrar menos de R$ 4,00 quando assumir isso.
+12
solange | 09 Setembro 2016
Infelizmente, isso é carta marcada, veio para ficar, ninguém assume tantos riscos a toa, ela já veio com garantia de permanência, quem viver verá. E o povo . Ah o povo. OOOOOOOO
+10
Véio Xatho | 09 Setembro 2016
Falando em políticos, alguém sabe se aquele fulano de sobrenome lobbe neto é de[...]do? por onde anda em plena campanha eleitoral? se arrumou algum emprego fora da vida pública? só queria saber, o moço estava sempre na mídia, de repente sumiu, será que está internado?
+13
Alexandre | 09 Setembro 2016
Olha, tomara Deus, que não vença. A Suzantur foi e está sendo uma grande decepção no transporte público aqui de São Carlos. Vamos torcer para uma empresa seria, assim como foi em Araraquara - viação Paraty e Empresa Cruz. Sendo que há outras muito melhores também aqui no estado de são Paulo e redondezas. Vamos aguardar.
+14
cidadão | 09 Setembro 2016
E já vou falando a verdade, a sucatastur vai vencer a licitação, tenho certeza