NA QUARTA-FEIRA (21/08) OS RADARES MÓVEIS ESTARÃO OPERANDO NOS SEGUINTES LOCAIS: 

RADAR 1 - Avenida João de Guzzi X Rua Marcos Vinicios de M. Moraes VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H;

RADAR 2 - Avenida Henrique Gregori (BAIRRO/SHOPPING) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H;

RADAR 3 - Avenida Henrique Gregori (SHOPPING/BAIRRO) VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 kM/H. 

Dois assuntos pipocaram o noticiário são-carlense nesta semana: a concessão do transporte coletivo e o Plano Diretor, que de uma hora pra outra, salta ao colo da Câmara, que marca, a toque de caixa, uma audiência pública. Que interesses poderiam cercar assuntos tão importantes?

Maestro

Altomani, não cansamos de escrever, é o maestro de uma orquestra desafinada. Mas de bobo não tem nada. Este cidadão, que hoje é prefeito de São Carlos, teve três anos para resolver o imbróglio do transporte público. Esperou os seis últimos meses de sua gestão. Curiosamente, no período que se avizinha das eleições.

A hora é agora

Uma pergunta que fazemos aos dois personagens envolvidos neste imbróglio: Márcio Marino e Paulo Altomani. Qual o motivo de tanta urgência para colocar uma empresa de transporte público às vésperas da abertura do processo de licitação? Vale frisar: pertinho da eleição.

Oportunista

O prefeito Paulo Altomani foi bastante infeliz na coletiva que deu a imprensa, onde anunciou que irá lançar edital de concorrência para contratação em caráter emergencial de uma empresa para realizar os serviços de transporte coletivo em São Carlos.

Oportunista II

Ele lançou ao vento, vários argumentos para justificar tal contratação. Uma delas de que os ônibus da Athenas são velhos e estariam colocando em risco a vida dos usuários, já tendo se envolvido em vários acidentes de trânsito em São Carlos por falta de manutenção. Isso é mentira. Os ônibus são velhos sim, mas não falta manutenção.

Oportunista II

Em relação a envolvimento em acidentes, oras, são quase 100 ônibus nas ruas diariamente, como não se envolver em acidentes nessa cidade? Velho está a frota da Prefeitura, carros e caminhões caindo aos pedaços com pneus carecas, sem manutenção. Viaturas do SAMU sem manutenção, com porta caindo em atendimento de ocorrência, paradas no pátio. O prefeito sabe muito bem olhar o terreno do vizinho, já a sua que está uma zona...

Cidade do Rio de Janeiro

Em meio a essa crise no transporte público em São Carlos, eis que aparecem do nada, dezenas de ônibus que faziam o transporte coletivo na Cidade do Rio de Janeiro. Os ônibus são relativamente novos, ano 2012. Eles estão estacionados em uma área na vizinha Ibaté.

Cidade do Rio de Janeiro II

Pode não ter nada haver, ou pode ter tudo haver. Vamos aguardar...

Cidade do Rio de Janeiro III

De repente eles estão aqui por causa da passagem da Tocha Olímpica na próxima semana né, sabe como que é né. Transportar todo o pessoal da equipe, etc..., etc..., etc...

Conjecturas

Esta coluna não tem a pretensão de fazer conjecturas, mas os fatos podem falar por si. Mas um outro assunto que pode passar despercebido mas que vem a calhar com o período eleitoral. O Plano Diretor.

Latifúndio

O Plano Diretor interessa a grandes empreendedores, que evidentemente têm o interesse em dar seus pitacos no desenvolvimento da cidade. Pessoas que têm potencial de investimentos em imóveis, carros, barcos e... campanhas.

Sugestão

Para que as discussões sobre o Plano Diretor não virem ‘put... franciscana’, uma sugestão: o Ministério Público deveria participar ativamente destas discussões.

E agora?

O vereador Freire, que costumava a gritar que não aceitaria prato pronto no Plano Diretor, agora está com Altomani. Será que mudou de opinião, afinal, hoje, o parlamentar se porta como líder de Altomani.

Cada uma...

E não é que um sujeito qualquer, sem credibilidade alguma, foi recrutado pelo grupo político de Paulo Altomani e tem falado mal de vários jornalistas de São Carlos? O problema é que o sujeito qualquer não olha para o próprio umbigo.

Recrutamento

O grupo de Paulo Altomani recrutou várias “cabeças pensantes” para trabalhar em sua campanha, inclusive profissionais de imprensa que terão um único papel: atacar reputações.

Que dureza...

O problema é que as tais “cabeças pensantes”, em muitos casos, são acéfalas. Este é o triste fim de Policarpo Quaresma...

Fanfarrão

O depoimento do secretário de Serviços Públicos Marcos Antônio de Thomazo (Chiréria), na CPI dos Cheques, teve momentos hilários. Ao ser perguntado o motivo pelo qual em uma obra só existiam a nota fiscal e o pagamento, não os fios e muito menos as lâmpadas, ele disse que o material sumiu por que foi furtado.

Fanfarrão II

Ocorre que não houve o registro do boletim de ocorrência e nem a abertura de procedimento interno. Ao ser questionado novamente, Chiréia disse que não teria havido furto mas sim, que os fios elétricos teriam sido comidos por Maritacas. Isso mesmo, ele culpou as aves pelo “sumiço”.

Fanfarrão III

O vereador Roselei Françoso, presidente da CPI,  então disparou que os fios eram subterrâneos. Truco! Chiréia ficou mudo! Álias, Chiréia em vários pontos da CPI, disse que tinha tomado conhecimento de inúmeras irregularidades apontadas pelos vereadores, apenas na véspera de seu depoimento. Incrível não?

Bom final de semana

As eleições são executadas pelas mesmas indústrias que vendem pasta de dentes na televisão. (Noam Chomsky). Fale conosco: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. 



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo