Imprimir esta página

O vereador Marquinho Amaral e o ex-prefeito de Campo Limpo Paulista, que prestou consultoria à Prefeitura de São Carlos, prestaram depoimento à Vara da Fazenda Pública. Segundo informações, ao menos cinco testemunhas confirmaram ao juiz o que muitos sabiam nos bastidores: o japonês de Campo Limpo perambulava pela Prefeitura bem antes de vencer uma consultoria por R$ 25 mil mensais.

Sombra

Júlio Soldado continua assombrando o governo Altomani. Dizem que ontem ele voltou a carregar o seu depoimento contra o alcaide. Ele teria dito que o ‘japa’ teria trazido a minuta da licitação prontinha.

E mais

Ex-funcionários da Prefeitura confirmaram que teriam recebido ordens para estabelecerem uma atenção especial à licitação. Ao que tudo indica, o prefeito Paulo Altomani poderá ter problemas com um outro fantasma, além de Júlio Soldado: a improbidade administrativa.

Puxão

O vereador Eduardo Brinquedos (PSC) disse ontem, que no domingo passado, levou um puxão de orelhas do padre João, da Igreja Nossa Senhora de Fátima, que reclamou da sujeira e do abandono da cidade.

Puxão II

Se um líder religioso reclama, junto ao seu rebanho, do abandono da cidade, é que a coisa está feia mesmo. A grande maioria dos líderes prefere manter a discrição.

Enganando?

A imprensa, nesta quarta-feira, começa a trazer as falhas do projeto da Reforma Administrativa. Numa rápida passagem de olhos no projeto, o vereador Roselei Françoso (Rede) começa a descobrir os erros. Alguns deles chegam a ser grotescos.

Copiar e colar

Um dos exemplos são as funções de chefe de serviços e diretor. A Prefeitura não se deu ao trabalho de fazer uma descrição de atividades decente. Preferiu o control C control V. A mesma questão é verificada nas funções assessor de direção de escola e assessor pedagógico de escola.

Registro

Apesar dessas atropeladas e barbeiragens, alguns fatores são interessantes na reforma administrativa. Dos 119 cargos de confiança, 30% devem ser ocupados por cargos de carreira.

Chefe

A função de cargos comissionados, que são ocupados por servidores de carreira, deve passar de 261 para 424. O servidor está sendo valorizado.

Entretanto

O Sindicato precisa ficar vigilante nos próximos anos. De repente quem foi guindado por um governo em função de confiança, jamais deve ser perseguido pelo chefe do Poder Executivo.

Curioso

Um outro fator curioso da reforma é que o prefeito Paulo Altomani estipulou como data de promulgação da lei o dia 1º de junho de 2016. Talvez por conta do limite prudencial estipulado pelo Tribunal de Contas, que já atingiu 51,7% dos 51,3% estabelecidos.

Ao Penha

Caro Penha, excelente vereador, o melhor da Câmara. O senhor apenas ratificou que há uma pessoa por trás do seu projeto de redução de salários, número de vereadores e outros. Basta rebuscar o seu primeiro post após a publicação da coluna.

Reflexo

As reclamações referentes ao estado calamitoso dos cemitérios municipais não param. Todo santo dia aparece um montão delas. O pior é que temos a impressão que o responsável pelos locais, o senhor Carlos Talarico, não está muito preocupado.

Reflexo II

Sujeira, mato alto, falta de segurança entre outros, essas são as principais reclamações referentes aos cemitérios. Os dois cemitérios são reflexos do que hoje está a cidade de São Carlos. Uma pena.

Tão de brincadeira né ?

Recebemos um email de uma pessoa com um questionamento bastante curioso. O internauta diz que há cerca de 15 dias funcionários de uma empresa de São Paulo estavam trabalhando no CEME e no posto da Vila Isabel instalando sistema de alarme de incêndio e iluminação de emergência.

Tão de brincadeira né ? II

Questionados sobre a instalação os funcionários disseram que era para as unidades não ficarem no escuro. O curioso é que o expediente nessas duas unidades se encerra às 17hs.

E encerra

“Acho que só vai clarear para os ratos e baratas passearem a noite. Com tanta coisa mais importante, como falta de fraldas, dieta enteral, insulina gastar dinheiro com isso me parece no mínimo uma grande incoerência.

Até sexta

“Não me conte o que eles falaram a meu respeito, diga-me apenas porque eles estavam tão confortáveis em dizer isso na sua frente”. Fale com a gente: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.



Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores
e não representam a opinião deste site.
Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.