NESTA SEGUNDA-FEIRA (17/12/18) OS RADARES MÓVEIS ESTARÃO NAS SEGUINTES VIAS: 

RADAR 1 – RUA MIGUEL PETRONI, 338  - CENTRO/BAIRRO - VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 50 KM/H; 

RADAR 2 – AVENIDA JOÃO DE GUZZI X RUA MARCOS VINÍCIUS DE M. MORAES  - VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 KM/H; 

RADAR 3 – AVENIDA TRABALHADOR SÃOCARLENSE, OPOSTO 1130, RODOVIÁRIA/USP - VELOCIDADE MÁXIMA PERMITIDA DE 60 M/H.

 

Tivemos a coletiva com o prefeito Paulo Altomani (PSDB), sobre as declarações do vereador Marquinho Amaral (mesmo partido) que  o acusou de oferecer uma propina de R$ 2 milhões para ajudá-lo na privatização do SAAE. Mas queremos aqui dar um puxãozinho  de orelha (de leve tá)  no secretário de Comunicação, Moisés Rocha. Quando um colaborador da coluna fez uma pergunta ao prefeito, Rocha interferiu na coletiva  na frente do prefeito. Só perguntamos se o prefeito  teria como provar que não ofereceu propina ao vereador.

Ligeiro

Ligeiramente, Rocha reagiu. “O ônus da prova cabe ao acusador”. Até concordamos. E qual seria o ônus da prova? A coluna suspeita de um nome: Júlio Soldado.

Tocado

Escorraçado do governo Altomani, Soldado apresenta um silêncio sepulcral de assustar. Aos mais íntimos diz que só se manifestar quando convocado. Na CPI da Revita, com o perdão da expressão, ele botou no trololó de Waldomiro Bueno, que será convocado para esclarecimentos.

Reflita

Amizade de 20 anos é igual casamento. Com o passar do tempo, você conhece todos os movimentos, as manias e as megalomanias do parceiro. A relação de Altomani e Soldado não seria diferente. E a segurança de Marquinho nos assusta.

Reflita II

Quem garante que Marquinho não tem algo forte que comprove a propina? Quem garante que alguma conversa não foi gravada? Quem garante que Julio Soldado não tenha uma prova contundente?

Blefe

Marquinho também pode estar blefando. Não tem prova alguma. Acredita que a manifestação do prefeito não passa de uma resposta à sociedade infelizmente, neste mundo podre da política, as polêmicas se esfriam no apagar dos holofotes da mídia.

Agora sobre a interferência

Mas tudo bem, no final da coletiva, Rocha veio em direção ao colaborador e explicou de forma rápida sua conduta.  Entendemos.

Ele voltou!

Dudu Toy voltou a falar bobagem. Desta vez na Rádio São Carlos. Pra variar, ele não deixou claro se é a favor ou contra a privatização e usou, mais uma vez, aquela comparação esdruxula de comércio com poder público. Dudu, acorda!

Acordo Coletivo

Os servidores municipais realizaram assembleia na quarta-feira para tratar do reajuste salarial deste ano. Um bom número de servidores compareceram e deliberaram juntos com a diretoria do sindicato um índice de reajuste.

Acordo Coletivo II

Eles irão pedir o reajuste do IPCA e um aumento real de 5 %. Acreditamos que isso é praticamente impossível de ser dado. Em época de vacas gordas foi um sufoco conseguir aumento real (até greve aconteceu), imagine agora em época de crise.

Acordo Coletivo III

Já sobre o tíquete eles irão pedir que o mesmo seja elevado a R$ 400, com contrapartida do servidor no valor de R$ 2,00 sem escalonamento. Bom fica a pergunta, onde gastar tudo isso caso seja dado esse reajuste; devido a problemas  ECOPAG/Prefeitura/Comerciantes, eles não em algumas situações não conseguem gastar nem o que recebem hoje.

Acordo Coletivo IV

Bom a pauta de reivindicações está pronta, a mesma será apresentada nos próximos dias e vamos ver no que vai dar. Boa sorte aos servidores.

Radares operando

Atenção motoristas, hoje estão entrando em operação os radares fixos instalados na cidade. Fiquem atentos e respeitem os limites de velocidade, se não é caneta na certa.

Bronca

E amigo internauta e leitor da Ácidas da Política, Indalécio Alves de Oliveira, mais uma vez publicou em seu Facebook, uma bronca daquelas na atual Administração. Ele diz que o prefeito de São Carlos, Paulo Altomani parece viver em Marte. A crítica é sobre um vídeo onde mostra a liberação do trânsito na região do Cristo.

Bronca II

Essa obra em nada mudou do antigo "status quo" do que era... Foram meses e muito, mas muito $$$$ para em nada mudar uma ponte (???), uns "pés de porra nenhuma" e uma situação caótica no trânsito de uma cidade que só se faz crescer....

E continua

Fod*er com o trânsito por meses, obra faraônica e sem nexo não é para qualquer um....é para São Carlense....

Enigma

Indalécio no final deixou um enigma no ar em relação a denúncia de propina entre Marquinho e Altomani. "Em verdade, em verdade "lhe digo"", nobre alcaide da cidade, na ultima acusação que vossa excelência recebeu, do vereador Marcos Antonio do Amaral eu, em vosso lugar, buscaria a verdade sobre a Rua São Joaquim da mesma cidade onde vivemos. Fostes acusado de oferecer propina de 2 milhões? O Vereador não tem provas? Acusação sobre falsa comunicação de crime, processo por calúnia e infâmia, são dois processos, duas varas e prove que ele está errado.

Enigma II

Mas veja, senhor prefeito e quase ex-amigo Paulo Altomani, ou que um de seus Lacaios, menos o de Comunicação e Imprensa pois "aquilo" pra nada serve, porém, alguém mais "centrado", poderá buscar essa informação pequena que lhe dei sobre a Rua São Joaquim...aliás, o que representa São Joaquim para a cidade???....levante a história...há muita sujeira debaixo do tapete "Roxo-batatinha" dessa cidade, meu querido quase ex-amigo.....

E viva o Carnaval

“Vamos comemorar como idiotas, a cada fevereiro e feriado, todos os mortos nas estradas, os mortos por falta de hospitais. Vamos celebrar nossa justiça, a ganância e a difamação, vamos celebrar os preconceitos, o voto dos analfabetos...” (Renato Russo). Fale com a gente: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

 



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo