Nesta sexta-feira (17/11), os radares móveis estarão nas seguintes vias: 

RADAR 1 – Av. Morumbi (Centro/Bairro) velocidade máxima permitida de 50 km/h; 

RADAR 2 – Av.Dr. Heitor José Realli (Rodovia/Bairro) velocidade máxima permitida de 60 km/h; 

RADAR 3 - Av.Dr. Heitor José Realli (Bairro/Rodovia) velocidade máxima permitida de 60 km/h.

Se Marcos Valério ficou conhecido mundialmente como o operador do Mensalão, em São Carlos surge uma figura para operar falcatruas: o Japonesinho de Rio Claro, personagem que outrora fora de São Carlos, saiu fugido e que agora tenta botar suas manguinhas de fora. O Japonesinho de Rio Claro tem uma missão de seu burgo mestre, o homem que mais parece o gênio da caixa de esfirra do Habbib´s: operar a entrada de uma empresa de transporte coletivo de Rio Claro em São Carlos.

Tudo se encaixa

Dias atrás, a Prefeitura divulgou em nota que pretendia abrir o processo de licitação do transporte coletivo em São Carlos. A polêmica ocorreu após o promotor Denílson de Souza Freitas não recomendar a renovação de contrato com a Athenas Paulista alegando que a frota não oferecia segurança aos usuários, o que foi um prato cheio para o Japonesinho de Rio Claro começar a projetar suas sacanagens.

Bastidores

Há uma briga quente de bastidores por conta da renovação do contrato do transporte coletivo. Tem advogado do primeiro escalão de Altomani chamando vereador de mensaleiro pelos botecos da vida. E tem vereador desnudando a face incompetente de advogado.

Respingar

Se essas arestas não forem aparadas, a sessão da Câmara de terça-feira promete ferver.

Sobrou

Na DBC, Marquinho Amaral questionou o secretário Júlio César  Pereira sobre a falta de planejamento na cidade: "Ele ficou um ano e um mês no cargo de secretário para planejar e o fez?"

Resposta

Nessa semana, Júlio César foi ao Carlinhos Lima e disse que considera normais as críticas. Ele diz que os vereadores o criticam como secretário e não como vereador. Sinceramente, não entendi a diferença.  Nos dois casos, a função é política.

Macuco

Na coluna de quarta-feira falamos a respeito de supostas irregularidades no Bolsa Família. Marquinho cobrou investigações sobre o caso.

Também...

Voltou a criticar a situação dos moradores de rua, que estão por todos os cantos de São Carlos fazendo as necessidades fisiológicas e intimidando as pessoas nas ruas de São Carlos.

Mato

Situação vergonhosa a que algumas professoras encontraram nas suas escolas, na volta às aulas. O mato alto tomou conta e deu boas vindas aos alunos. Teve diretora que tirou R$ 150 da carteira para a capinagem. Triste, deprimente!

Apuração

A Câmara movimenta-se para apurar supostas irregularidades em uma das consultorias contratadas pela Prefeitura. O valor dessa consultoria é de R$ 500 mil.

Organização

Enquanto alguns batem cabeça para organizar eventos políticos e públicos, como o carnaval, o deputado Newton Lima já prepara sua tradicional festa de aniversário para o dia 8 de março, na Chácara do Barão.

Antecedência

A festa será com o ex-prefeito Barba, com direito ao famoso porco no rolete e as devidas adesões dos interessados. A celebração tem tudo para marcar o início dos trabalhos rumo à reeleição. Os convites começam a ser distribuídos na próxima semana.

Abusados

Na última quinta-feira, a Prefeitura não compareceu à audiência na Procuradoria do Trabalho, em Araraquara, para responder aos casos de denúncia de trabalhadores em função de assédio moral. Nem o prefeito ou representante jurídico do município foi enviado à Araraquara.

Abusados II

O pessoal do Sindspam que é quem impetrou a ação, achou estranho a ausência e considerou a falta um desrespeito aos servidores, sindicato e acima de tudo a Justiça.

Abusados III

A Secretaria de Comunicação divulgou uma nota para justificar a ausência com o seguinte teor: A Prefeitura de São Carlos, por intermédio da Procuradoria Geral, informa que só irá se pronunciar a respeito da ausência do município durante audiência na Procuradoria Regional do Trabalho, em Araraquara, nesta quinta-feira (13), após notificação oficial por parte da procuradoria. Esta administração, por outro lado, desconhece quaisquer casos de prática de Assédio Moral na prefeitura e reafirma o seu compromisso de atuar sempre em nome do bem comum para a comunidade sãocarlense.

Abusados IV

Alegar que a Administração desconhece "quaisquer caso de assédio moral", só pode ser brincadeira. Além das inúmeras matérias divulgadas pela imprensa no ano passado, a própria Procuradoria Geral do Município, respondeu a questionamentos da Procuradoria sobre a ação movida pelo Sindspam em dezembro do ano passado. Ao responsável pela Comunicação vai a dica, consulte  Oficio nº 275/2013/PGM.

Parece coincidência

Pura coincidência, mas na última quinta-feira, o presidente da Câmara Marquinho Amaral socou a bota nos fundilhos dos advogados do Departamento Jurídico da Prefeitura, que segundo ele, não conseguem escrever quatro linhas e mandar o projeto de federalização do Hospital Escola à Casa. Marquinho chamou a trupe do Waldomiro Bueno de incompetente e arrogante.

Comunicação

Essa atual Secretaria de Comunicação é a que menos se comunica nos últimos tempos. Raramente se manifesta e quando assim o faz é só lambança. Lamentável...

Até quarta-feira

"Larguei a bebida ... só não lembro onde." Fale conosco: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo