Nesta sexta-feira (17/11), os radares móveis estarão nas seguintes vias: 

RADAR 1 – Av. Morumbi (Centro/Bairro) velocidade máxima permitida de 50 km/h; 

RADAR 2 – Av.Dr. Heitor José Realli (Rodovia/Bairro) velocidade máxima permitida de 60 km/h; 

RADAR 3 - Av.Dr. Heitor José Realli (Bairro/Rodovia) velocidade máxima permitida de 60 km/h.

Quem acompanha semanalmente as sessões da Câmara, observa que alguns vereadores abusam em faltas, desrespeitando o direito concedido pelo cidadão, através do voto, para ocupar uma das cadeiras do Poder Legislativo. Infelizmente, não temos dados consolidados sobre as faltas, mas alguns casos são flagrantes. Citamos aqui os vereadores Zé do Mato, Paulo Taú e Idelso Paraná, este último com perdão por estarlutando pela recuperação da saúde. O que tanto se pregava no passado, que uma Câmara com 21 vereadores ampliaria a democracia, é um verdadeiro descalabro. Está na hora da população cobrar uma participação efetiva dos vereadores no Legislativo.

Pra que?

Ah e tá na hora também de descontar essas faltas nos salários dos vereadores, isso não pode continuar, tá chato, feio, indecente, além de ser uma tremenda falta de educação com o eleitor.

Bastidores da briga do hospital

Um fato que não foi contado por ninguém sobre a suposta invasão do secretário Júlio Soldado ao Hospital Escola não foi contada à população - e nós vamos contar. Muitos, é claro, vão negar. O episódio da invasão aconteceu no dia 24 de abril e o BO foi registrado no dia 10 de junho. Por que?

Bastidores da briga do hospital II

É que após a suposta invasão de Júlio Soldado com suposta truculência ao HE fez com que Sebastião procurasse relatar o caso ao prefeito Paulo Altomani sobre o fato, entretanto Altomani não tomou providências

E mais

Ao que consta, no dia 6 de junho, o povo voltou ao hospital apavorando, acusando falta de higiene no HE, existência de remédios vencidos, entre tantas outras supostas irregularidades. Agora, se Paulo Altomani sabia dessa suposta opressão causada por seus pares, lamentavelmente comunga com toda essa suposta trapalhada que aconteceu no hospital. É isso.

Sindicâncias

O prefeito abriu cinco sindicâncias contra guardas municipais e um para apuração das sanções disciplinares. Pelo jeito os guardas ainda não perceberam que no comando esta um Tenente Coronel aposentado da PM, que viveu o militarismo por 30 anos. Outro assunto que foi prometido e será investigado é a abertura de sindicância no Parque Ecológico.

Festa do Primeiro Ministro

E o primeiro Ministro de São Carlos e também presidente da Câmara Municipal, Marquinho Amaral, comemorou seu aniversário (já ocorrido) na noite da quinta-feira (13) no famoso Bar do Véio na rua Conde do Pinhal. Muitas pessoas conhecidas nos meios políticos estiveram lá.

Festa do Primeiro Ministro II

Não sei quem articulou, se foi o primeiro ministro ou Véio, mas tinha políticos de todas as "facções", reunidas no mesmo espaço. Ex-prefeito Mello, Rubinho, Edson Ferraz, Muller, Lobbe Neto, Rodrigo Venâncio (até ele pasmem), Labadessa, Adail, Acenir do SAAE, Cotrim e por aí vai. Só faltou o Altomani. Mas segundo informações, o Soldado não autorizou sua ida até a festa.

Festa do Primeiro Ministro III

É nosso prezado amigo Marquinho está com tudo mesmo, costura a colcha daqui, dali e aos poucos vai firmando seu nome como futuro candidato a prefeito da cidade. Ta indo bem o rapaz.

Jornal da maldade

E finalmente foi rodado o jornal da maldade do PSDB e do DEM com a seguinte manchete "A São Carlos arrasada que encontramos". Com 20 páginas coloridas os tucanos e democratas mostraram a situação que eles assumiram a Prefeitura de São Carlos, após 12 anos de PT no poder.

Jornal da maldade II

Na nossa opinião tem muita coisa "forçada" lá no jornal, mas também tem algumas notícias que são estarrecedoras. Entre elas as obras que foram abandonadas pelo PT, a falta de manutenção de espaços públicos como o Centro Esportivo da Cica e as unidades de saúde abandonadas.

Veículos oficiais

Bom estamos avisando primeiro para depois começar a agir. Tem muita gente (muita mesmo), abusando no uso dos carros oficiais da Prefeitura Municipal. Já vimos gente usando o carro para compras, pegar filhos na escola, "voar" em lugares inapropriados e por aí vai.

Veículos oficiais II

E ainda tem aqueles que estão usando carros cedidos por empresas terceirizadas como se os veículos fossem deles. Esse abuso na maioria das vezes vem sendo praticado por pessoas que foram nomeadas em cargos de confiança.

A infame de hoje

O que é que o cavalo foi fazer no Orelhão? Passar um trote! faleconosco: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo