Av. Comendador Alfredo Maffei
(sentido Bairro/Centro)
60 km/h
Av. Comendador Alfredo Maffei
(sentido Centro/Bairro)
60 km/h
Av. Getúlio Vargas
(sentido Centro/Rodovia)
60 km/h

Nos meses de fevereiro e março os alunos dos 5º anos das escolas municipais e 6º anos das escolas estaduais de Ibaté participaram do concurso que a empresa Allevant e a Prefeitura Municipal de Ibaté promoveram para a criação da logomarca do Plano Municipal de Saneamento Básico.

O objetivo do concurso foi criar uma imagem criativa e única que comunique com o público, seja ele criança, jovem ou adulto.

A inscrição foi gratuita, sendo que cada aluno elaborou a sua logomarca e foi enviada para a banca examinadora constituída por representantes da empresa e do Comitê de Coordenação do Plano Municipal de Saneamento Básico. As propostas foram analisadas e julgadas segundo os seguintes critérios: originalidade, criatividade, qualidade e clareza.

Os três primeiros colocados são alunos das escolas municipais de Ibaté, sendo a primeira a aluna Helena de Resende Tinto e o 2º colocado o aluno Léo Ruiz Huss, ambos da “Julio Benedicto Mendes”. O terceiro foi o aluno Lucas Donizeti da “Professora Maria Luiza Batistela Danieli”.

Segundo o diretor Julio Benedicto Mendes, Alexandre Gaspar, deve-se destacar o trabalho das professoras Fernanda Gabriela Cardoso Peres e Marineide Alves da Silva Cruz, mas sem esquecer de parabenizar a aluna Helena e o discente Léo.

 “Gostaria de parabenizar toda a Rede Municipal de Ibaté. Os alunos das escolas municipais brilharam. É uma grande satisfação ver o envolvimento da Rede, não só nesse concurso, mas ao longo de todo o ano. O mais importante é que o resultado deixa uma marca na história da cidade, dos alunos, professores, coordenadores e diretores. Vale ressaltar que nosso trabalho é árduo, mas muito importante na vida dos alunos e consequentemente para a sociedade. Parabéns a todos professores, coordenadores e diretores da Rede, cujo trabalho são de excelência, proporcionando um ensino de qualidade”, apontou.

 

Gaspar observou que o trabalho realizado com os alunos da rede municipal foi essencial para o resultado. “A escolha de três alunos das escolas municipais é fruto do trabalho de todos os envolvidos no processo de ensino e aprendizagem, que enfrentam problemas todos os dias, mas estão sempre fazendo o melhor para os alunos, formando cidadãos críticos, reflexivos, autônomos, conscientes de seus direitos e deveres, capazes de compreender a realidade em que vivem e preparados para participar da vida econômica, social e política do país, contribuindo para a construção de uma sociedade mais justa”, finalizou Gaspar.



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo