Av. Comendador Alfredo Maffei
(sentido Bairro/Centro)
60 km/h
Av. Comendador Alfredo Maffei
(sentido Centro/Bairro)
60 km/h
Av. Getúlio Vargas
(sentido Centro/Rodovia)
60 km/h

A Polícia Federal deflagrou hoje (18) a Operação Cabrera, para reprimir o compartilhamento e a posse de imagens e vídeos de pornografia infantil na internet. No total, cerca de 370 agentes cumprem 93 mandados de busca e apreensão, dois mandados de prisão preventiva e um de condução coercitiva em 17 estados e no Distrito Federal.

A operação teve desdobramento em São Carlos onde dois homens foram presos. Na região outro homem foi preso em Santa Cruz das Palmeiras. De acordo com a PF, além das prisões, houve a apreensão dos computadores dos suspeitos e de um HD. O material foi levado para a unidade da corporação em Araraquara e passará por perícia.

Operação “Cabrera” -  A assessoria de imprensa da PF explicou que foram reunidas informações e alvos de investigações de diversas unidades da corporação pelo Brasil, não diretamente relacionadas entre si, mas que tratam da disseminação transnacional de pornografia infantil. Os suspeitos recorreriam a redes sociais, e-mail e aplicativos de mensagens e vídeo para trocar o material.

Segundo a PF, a operação foi batizada em homenagem a Araceli Cabrera Sánchez Crespo, uma menina de 8 anos que foi sequestrada, violentada e assassinada em 18 de maio de 1973. O crime permanece impune e, por conta dele, foi instituído o “Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes”.

 

 



Comentário(s) 

0
vigilante atento | 19 Maio 2017
Está na hora de implantar pena de morte para os pedófilos e criminosos sexuais.