Av. Trabalhador São-Carlense
(sentido Centro/Bairro)
60 km/h
Av. Trabalhador São-Carlense
(sentido Bairro/Centro)
60 km/h
Rua Joaquim Rodrigues Bravo
(Centro/Bairro)
50 km/h

E a visita do governador Geraldo Alckmin (PSDB) em São Carlos, neste sábado (16), foi marcada por confusões e protestos. Alckmin esteve na cidade para realizar a entrega de 197 viaturas para batalhões da Polícia Militar. Durante a solenidade houve protesto de professores da rede pública e até discussão com o deputado federal Major Olimpio (SD-SP).

A confusão começou durante o discurso do secretário estadual de Segurança Pública, Mágino Alves Barbosa Filho. Um grupo com faixas e cartazes se aproximou da tenda onde estavam as autoridades e começou a protestar contra os salários dos servidores públicos estaduais, a morte de policiais e a falta de segurança nas escolas. Major Olimpio com um microfone e uma caixa de som, fez acusações contra o secretário e o governador e gritou "Cadê o salário da polícia, secretário?".

Os policiais militares do estado de São Paulo estão já a quatro anos sem reajuste salarial.

O deputado federal Lobbe Neto (PSDB), o deputado estadual Roberto Massafera (PSDB) e o prefeito de São Carlos, Airton Garcia (PSB), passaram a defender o governado que durante sua fala revidou as acusações dos manifestantes. .

"Quero fazer uma pergunta para vocês. Alguém aqui ganha R$ 50 mil do povo de São Paulo? É ele que está gritando. Ele ganha R$ 50 mil, devia ter vergonha, vergonha de vir aqui, R$ 50 mil do povo de São Paulo. Tenha vergonha, deputado. Não pode olhar no rosto dos brasileiros de São Paulo, R$ 50 mil por mês. Vergonha!", gritou Alckmin.

Após o discurso, o governador conversou com jornalistas, mas não retomou o assunto, apenas afirmou que pretende dar o reajuste. 

Em sua página no Facebook, Major Olimpio comentou o episódio. "Enquanto não houver reposição salarial para os policiais e todos os servidores, e enquanto ele não respeitar o cidadão, Alckmin não terá sossego", escreveu.



Comentário(s) 

0
e o Dezinho SD? | 17 Setembro 2017
Escolher São Carlos para a entrega dessas viaturas para a polícia da região foi um cala-boca para aqueles que só critica o governador. Aliás como tinham puxa-sacos na tendinha. Prefeito, vereadores, as múmias que se perpetuam nos governos municipais. E usaram mesmo o berreiro para babar ovos! Se realmente ficar 3 viaturas em São Carlos está bom demais. As viaturas que vieram são para atender toda a região de Ribeirão Preto. A presença do de[...]do mjr Olímpio foi café pequeno, já que tinha também o Lobe e o Massafera, que se acoelharam quando o pau quase comeu. E o Solidariedade local? Mijou para trás?
+4
cesar | 17 Setembro 2017
A crise não tem 4 anos e o Governador odeia seus funcionários, não dá aumento e não contrata para repor os que aposentam. Fiquei impressionado com a atitude do prefeito em vaiar como um adolescente, os De[...]dos Lobbe e Massafera defendendo o Governador, claramente demonstram que são contra o aumento dos funcionários e não os representam.