Rua Lourenço Innocentini
(sentido Centro/Bairro)
50 km/h
Rua Lourenço Innocentini
(sentido Bairro/Centro)
50 km/h
Rua Padre Teixeira
(sentido Centro/Bairro)
50 km/h

Quatro anos de planejamento e execução; 120 professores formados; mais de 2.200 crianças diretamente envolvidas nas escolas. Esses são alguns números que mostram o sucesso do curso interdisciplinar de formação continuada para professores de Ensino Fundamental I da rede pública municipal de Piracicaba (SP), projeto de extensão realizado entre 2013 e 2016, por meio de convênio entre a Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) e a Secretaria Municipal de Educação de Piracicaba. 

Buscando resguardar a memória e prestar contas à sociedade dos resultados alcançados ao longo desse trabalho, o livro "Vivências na Formação de Professores do Ensino Fundamental I" (Editora Cidade) será lançado no dia 16 de agosto, às 14 horas, no auditório da Secretaria Municipal de Educação de Piracicaba. Em suas 204 páginas, o livro conta a história desse projeto e descreve as inúmeras vivências, que envolveram gestores, professores, alunos, escolas e comunidade, em atividades teóricas e práticas de Astronomia, Química, Física, Matemática e Biologia. 

"Foi um trabalho pioneiro na cidade, avaliado muito positivamente, em que conseguimos harmonizar esforços públicos - federal, municipal e estadual - e privados, visando capacitar professores de Ensino Fundamental I, sobretudo para o ensino de Ciências e Matemática", relata o coordenador do projeto Alexandre Cavagis, docente do Departamento de Física, Química e Matemática (DFQM) do Campus Sorocaba da UFSCar e autor do livro, juntamente aos professores Edemar Benedetti Filho, Márcio Masatoshi Kondo e José Vagner Gomes.

Segundo Cavagis, foi possível concluir um ciclo, desde a concepção do curso, seu planejamento, sua aplicação, até a avaliação dos professores e apresentação pública dos resultados, no final de 2016; a aula inaugural ocorreu no início de 2015. "Conseguimos formar 120 professores de Ensino Fundamental I, com plenas condições de proporcionar uma alfabetização científica precoce às crianças, o que é essencial ao desenvolvimento do nosso País, que já carece bastante de recursos humanos qualificados em diversas áreas científicas e tecnológicas. Além disso, o saber científico é requisito básico ao pleno desenvolvimento da cidadania; estudos apontam que muitos professores do Ensino Fundamental I têm insegurança de trabalhar Ciências e aprofundar Matemática em sala de aula, devido à uma formação inicial considerada, por eles próprios, deficitária nessas áreas", relata Cavagis, que ainda faz um alerta: "Não podemos deixar que o interesse pelas Ciências se dissipe ao longo da vida escolar. Investir na formação continuada desses educadores é essencial, pois eles serão referenciais marcantes por toda a vida acadêmica de seus alunos".

Atividades do curso

Após ouvir professores, coordenadores, supervisores de ensino e gestores educacionais, durante um ano e meio de planejamento, com participação ativa da Secretária de Educação de Piracicaba, Angela Corrêa, as aulas começaram em março de 2015. Entre as atividades de campo, os professores participaram de um curso de Astronomia no Centro de Estudos do Universo, na cidade Brotas (SP), incluindo sessão de observação noturna em telescópios, e visita ao Sabina Escola Parque do Conhecimento, em Santo André (SP), onde conheceram mais de 150 experimentos nas áreas de Astronomia, Química, Física, Biologia e Matemática. Na Escola Técnica Estadual Fernando Febeliano da Costa, de Piracicaba, realizaram oficinas práticas de Ciências, aprendendo a desenvolver experimentos com materiais didáticos acessíveis e de baixo custo. 

Em uma etapa seguinte, os professores planejaram e realizaram diversas atividades nas escolas municipais, envolvendo mais de 2.200 crianças na faixa etária entre 7 e 13 anos, também contribuindo para a divulgação científica ao público em geral, uma vez que as feiras de Ciências contaram com grande participação da comunidade, conta o coordenador do projeto. Segundo ele, com os resultados obtidos, há expectativas de renovação do convênio com a Prefeitura de Piracicaba para o triênio 2018-2020, com a perspectiva de capacitar mais 180 educadores da rede pública municipal para o ensino de Ciências da Natureza e Matemática.

Lançamento

O lançamento do livro "Vivências na Formação de Professores do Ensino Fundamental I", que integra os eventos oficiais de comemoração dos 250 anos de Piracicaba, acontece no dia 16 de agosto, às 14 horas, no anfiteatro da Secretaria Municipal de Educação de Piracicaba (Rua Cristiano Cleopath, 1.902, Bairro dos Alemães). 

O evento é aberto ao público e contará com a presença do Prefeito Municipal de Piracicaba, Barjas Negri, da Secretária de Educação, Angela Corrêa, do vereador e Presidente da Comissão Municipal de Educação, Pedro Kawai, demais vereadores e autoridades municipais. A UFSCar estará representada pelo Pró-Reitor de Extensão, Luiz Carlos de Faria, e pelo coordenador do projeto, Alexandre Cavagis. 

Também devem estar presentes os demais membros da equipe de trabalho, diretores das escolas, profissionais de imprensa, além dos 120 professores formados que, na ocasião, receberão um exemplar do livro.



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo