Av. Comendador Alfredo Maffei
(sentido Bairro/Centro)
60 km/h
Av. Henrique Gregori
(sentido Bairro/Shopping)
60 km/h
Av. Henrique Gregori
(sentido Shopping/Bairro)
60 km/h

Até que enfim, um vereador saiu da toca e resolveu enfrentar esse descalabro que é o investimento em mídia da Prefeitura. Trata-se do vereador Ronaldo Lopes, do PT. Até então, somente este site estava denunciando não apenas a mentira da propaganda, mas os valores exagerados e o desrespeito à lei do vereador Paraná, que obriga a divulgação do valor da peça publicitária, mas que é desrespeitado pela Rádio Intersom FM.

Calado

Paraná fez a lei. Ontem, a Intersom continuava o desrespeito. E o público não sabe quanto custa a peça publicitária na emissora. Tudo aos olhos condescendentes do empresário, do prefeito Altomani e do secretário Rocha.

Fora da lei

Talvez, eles acham bonito descumprirem a lei. E o vereador Paraná... ah!, Paraná! Continua calado. Será que o medo de perder espaço naquela mídia prevalece? Vamos aguardar mais um pouco para emitirmos um veredicto. Acreditamos no parlamentar.

Gravado

Temos o material gravado. Não vamos exibi-lo em link. Chega de comungar com uma propaganda mentirosamente deslavada da Prefeitura e dar boas audiências a esse material publicitário

Voltando ao Ronaldo...

Voltando ao foco, Ronaldo Lopes mostrou: "tive o cuidado de recortar e somar os gastos que a Prefeitura teve nos últimos 15 DIAS com propagandas nos jornais impressos da cidade. Quinze inserções somam o valor de (pasmem) R$ 50.677,20. Isso mesmo, R$ 50.677,20, sem contar as inserções que estão sendo feitas na TV e no rádio". (Detalhe: Ontem dia 10 foi mais R$ 9.984,00 de gastos, hoje não verificamos ainda).

Desabafo

Ronaldo continua: "E depois, somos obrigados a ouvir que não se tem dinheiro para comprar fraldas, remédios, fazer o pagamento de salários... É, como diz o slogan "Trabalho sério faz uma cidade forte", realmente, pena que a seriedade passa longe desse (des)governo". Ronaldo Lopes. Temos algo a lhe dizer: você representa o povo!

Desabafo de um internauta

"Gente na boa. Hoje em uma rádio de Sanca foi veiculado o comercial da cidade maravilhosa em que estamos vivendo (virtual é claro), no final é colocado o preço da inserção, ou seja, R$ 108 reais. Na mesma Rádio ouvi o programa de esportes noticiando o início do campeonato de veterano, porém a Prefeitura comunicou que não tinha recursos para fornecer UMA (ISSO MESMO UMA) bola para cada equipe participante, no total de 15".

Desabafo de um internauta II

"Pesquisei o preço de uma bola de futebol, que varia de R$ 50 a 100, na média R 70. Portanto 70 vez  15= R$ 1050. O preço de nove propagandas aproximadamente. Triste né. Em apenas um dia de propaganda inútil e oportunista, seria possível viabilizar um campeonato que favoreceria 300 pessoas aproximadamente (20 por time) durantes meses.

Desabafo de um internauta III

"Digo um dia porque normalmente eles veiculam 10 vezes ao dia  (no mínimo). Isso em apenas uma rádio. São Carlos tem 6 ou 7, mais duas tvs. Isso porque o ano que vem tem Olimpíadas no Rio. Já diria Boris Casoy, ISSO É UMA VERGONHA. Vem ne mim 2016.....

E não é só aqui

Na semana passada foi exibida uma entrevista (Entrevista? Ou outra propaganda?) do prefeito na Rede Record. Foi mostrada na entrevista a situação da UPA Sta Felícia, a mais nova da cidade mas não mostraram a da Cidade Aracy ou da Vila Prado. Não falou do suposto superfaturamento da merenda e de uniformes entre outros. Nem falou que fechou os restaurantes populares, muito menos das CPIs do Corpo e Alma e Revita. Vai indo bem não...

Cara de pau

O nosso estimado alcaide é um cara de pau mesmo. Torrar dinheiro público com propaganda pode. Depois, o sujeito usa a rede social, diz que comprou ambulâncias com sacrifício e faz juízo de valor do motorista após a quebra do câmbio. É um sem noção mesmo!

Revolta

O patrãozão causou revolta entre os motoristas do Samu após pegar o cajado do seu comparsa e julgar o motorista como culpado. Segundo os próprios motoristas, a Prefeitura perdeu os prazos de revisão do veículo, que já apresentava problemas no câmbio.

Revolta II

Agora, é fácil jogar para a torcida, usando de falso moralismo. Algo comum entre alguns desta administração.

Climão

Há um clima bastante pesado no Centro Municipal de Especialidades Médicas (Ceme). Isso por causa de um bilhete de ofensas aos servidores estaduais lotados naquela unidade.

Climão II

O bilhete diz que o pessoal da Prefeitura está farto daqueles servidores, que são chamados de imbecis, sucatas e vagabundos. Também fala que o Ceme não é desmanche e nem abrigo de idosos para acolher a turma. Até o sindicato da categoria em São Paulo já recebeu as denúncias. O problema é achar provas em um bilhete anônimo.

#prontofalei

Airton Garcia será candidato a prefeito. Pelo PSB. Marquinho será o vice. Pelo PMDB.

Até quarta

"Cada vez que for acusar alguém por um erro cometido, pare, pense, olhe para traz e analise o seu passado. Porque ele poderá condená-lo". (Nildo Lage). Fale com a gente: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo