Faz duas semanas, o secretário da Fazenda, José Roberto Poianas, apresentou o balanço financeiro do último quadrimestre na Câmara de São Carlos. Mas apresentou os números pela metade. Ele não expôs de o caixa da Prefeitura tem sobra (superávit) de dinheiro. Muitos vereadores dizem que sim, em função de tantos remanejamentos que fazem durante o ano, nas sessões legislativas. Mas será que essa não divulgação não é uma estratégia para tanta lamúria?

Confessionário

Estrategistas políticos do governo trabalham com essa possibilidade sim. A suposta falta de dinheiro em caixa pode ser um mote, uma saída de justificativa para o governo alegar os inúmeros atropelos. Lembre-se que no passado o governo Newton Lima falava que pegou o governo quebrado do Melo e a estratégia funcionou muito bem durante quatro anos.

Só lembrando

O governo do PT em São Carlos só começou a funcionar no quinto ano. Antes, só pintavam tabuletas e guia de calçadas.

Esclarecendo

Gente, quando falamos das andorinhas para diminuir o número de casos de dengue em São Carlos, proposta do Zé do Mato, tratamos o assunto com ironia. Claro que não levamos essa papagaiada a sério, apesar de gostarmos de andorinhas. Em vez de dar trabalho às aves, esse povo da secretaria de Serviços Públicos tinha mesmo é que trabalhar para deixar a cidade limpa. Isso sim!

Embate

O prefeito Paulo Altomani mostra que não teme o povo da toga. Na quarta-feira, durante a inauguração de um equipamento da Justiça que trata de conflitos judiciais, o administrador tucano causou conflito e desabafou.

Perseguição?

Ele disse que em dois anos enquanto prefeito levou quase 70 processos. Na vida privada, em 38 anos enquanto empresário, nunca foi processado. Juízes ficaram constrangidos com as falas do prefeito.

Miséria card

Nessa semana, começaram a ser distribuídos os cartões do tíquete alimentação dos funcionários da Prefeitura. Junto com uma lista de bares lanchonetes e restaurantes que aceitarão tal cartão. Alguns servidores reclamaram que só tem lugar caro e o cartão é de apenas R$ 140. Já o apelidaram de Miséria Card.

Contradição

Por simples curiosidade, um funcionário da Vigilância Sanitária deu uma conferida nos alvarás dos estabelecimentos credenciados no cartão miséria. E para surpresa de todos eles, cerca de 15 deles têm irregularidades como alvará vencido, sendo que alguns nem sequer tem alvará da Vigilância. Alguém da administração não tinha que ter conferido isso antes?

Contradição II

Um restaurante que paga todos os impostos e taxas municipais foi enquadrado por essa tal Vigilância Sanitária, que não vigia piciroca nenhuma. O cara tá gastando uma grana para readequar o espaço. E quase na porta do comércio dele tem um sujeito que vende espeto de gato e não sofre nenhuma sanção. Essa é a cidade da piada pronta.

Da semana

O assunto da semana foi o encontro entre o prefeito Paulo Altomani e o ex-prefeito Melo, na Prefeitura. Ué, como pode? Água e óleo se misturam agora? Ou a política é muito dinâmica? Vai entender!

Mais um na área

E mais um ilustre descalvadense passa a compor o governo Altomani. Trata-se do ex-prefeito daquela cidade, Luís Antônio Panone. Ele assume a Secretaria de Ciência e Tecnologia.

Mais um na área II

Interessante essa nomeação não? Na capital da tecnologia, na terra dos doutores e de duas universidades públicas, precisamos trazer alguém de "fora" para a pasta de Ciência e Tecnologia. É mais uma promessa do prefeito Altomani indo por água abaixo. "Devolver São Carlos aos são-carlenses"...

Você sabia

Que uma área nos fundos do clube de campo da ABASC não pertence mais ao clube há anos? Pois é, ficamos sabendo disso só essa semana. A área em questão é onde estão localizados os dois galpões que são utilizados para descarte de pneus, área essa até onde sabemos, não autorizada pela CETESB para servir como ponto de descarte.

Você sabia II

A ABASC foi criticada todo esse tempo por causa desses pneus que "ainda" são descartados por lá e nunca falou nada. A área em questão foi negociada com dois empresários da cidade que acabaram pagando uma dívida que o clube tinha de impostos com a Prefeitura.

Matão

Só para informar. O serviço de água em Matão foi privatizado para a empresa Águas de Matão e simplesmente houve um acréscimo absurdo nas contas pagas pelos moradores da vizinha cidade. Teve gente que pagava R$ 10,00 e de uma hora para outra passou a pagar R$ 83,00. Que maravilha não...

Matão II

E ainda tem gente nessa cidade que defende a privatização do SAAE. Defende porque tem interesses não é mesmo? O SAAE é nosso e está muito bem, segundo o seu diretor presidente Sérgio Pepino.

Falando nele

Pepino esta semana o senhor acabou de ganhar mais um fã. Parabéns. (Isso é sério, não é zoação não.)

Guerra

É verdade que demorou um pouco, mas a Prefeitura Municipal, finalmente deflagrou guerra ao mosquito da Dengue. Neste sábado uma grande operação será desencadeada das 7h às 13h, no bairro Presidente Collor. Os trabalhos terão a participação de equipes de várias secretarias, Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) e até da Câmara Municipal.

Guerra II

O objetivo da ação é remover dos terrenos baldios e das residências, por meio da Operação Cata Treco, objetos e utensílios que possam servir de criadouros do mosquito Aedes aegypti, transmissor da Dengue. A ação vai desencadear uma série de mobilizações diárias para limpeza e remoção de materiais em toda a cidade.

Guerra III

José Carlos Corrêa, secretário Municipal de Serviços Públicos disse que para este sábado serão disponibilizados 12 caminhões com a mobilização de pelo menos 50 pessoas. Nunca é tarde para começar e a população também deve colaborar.

Até quarta!

"Enquanto eu tiver perguntas e não houver resposta continuarei a escrever". (Clarice Lispector). Fale conosco: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo