Av. Trabalhador São-Carlense
(sentido Centro/Bairro)
60 km/h
Av. Trabalhador São-Carlense
(sentido Bairro/Centro)
60 km/h
Rua Joaquim Rodrigues Bravo
(Centro/Bairro)
50 km/h

Esta coluna foi acompanhar de perto a CPI que investiga a Associação Corpo e Alma para trazer alguns elementos diferenciados aos leitores dessa modesta coluna. Os depoimentos foram cansativos, duraram 7 horas, mas alguns detalhes chamam a atenção. Um deles é a questão dos lanches. Leia bem: durante todo o ano de 2013, um lanche composto por pãozinho mini, presunto e queijo saía da região do Broa, em Itirapina, para ser entregue em São Carlos.

Incisivo

Não desmerecendo o trabalho dos demais parlamentares, mas Lineu Navarro foi um dos mais incisivos. Ele fez questionamentos interessantes sobre o fornecimento dos lanches, feito pela empresa Robles e Robles Ltda.

Samaritano

Segundo o depoente Rafael Pereira de Souza, coordenador da Associação, o proprietário da empresa se dispôs a entregar o kit lanche diariamente, sem que obtivesse lucro pelo valor de R$ 1 cada kit.

Não batem

Outra questão interessante levantada por Lineu. Segundo provas da CPI eram servidos dois mil lanches por mês. Isso significa 500 por semana e 100 por dia, mas o próprio Rafael disse que apesar de existirem 50 alunos para as atividades físicas em cada unidade dos trabalhos, Sacramentinas e igreja Perpétuo Socorro, a frequência variava entre 35 e 40 alunos.

Pança

Como é então que se dava o consumo dos lanches? Foi a pergunta da comissão. De acordo com Rafael, os lanches eram muito pequenos e as pessoas podiam consumir no local à vontade duas ou mais unidades.

A grande família

Outros detalhes dos depoimentos que podemos sublinhar. Rafael disse à Comissão que é primo do vereador Julio César e que seu irmão também atua como prestador de serviços à Associação. A esposa de Rafael também atua como nutricionista.

Secretário

Rafael também disse que o vereador Júlio César, em 2013, estava como secretário de Planejamento e Gestão. Sobre a distribuição de 290 uniformes no ano passado, ele informou que era uma camiseta e que o critério de distribuição era "apareceu, leva".

Pagamento

O vereador Lineu Navarro perguntou sobre o pagamento da ordem de R$ 3 mil que foi feito no dia 30 de dezembro de 2013 à nutricionista. Rafael disse seriam realizados 300 procedimentos conforme plano de trabalho, onde os serviços realizados seriam pela esposa dele seriam de avaliação e orientação individualizada, consultas e avaliação final das pessoas atendidas no projeto.

Conclusão

Cada um que tire as suas conclusões, mas a história dos lanches vindos de Itirapina por um gesto de amizade, uma vez que muitos fornecedores não aceitavam o atraso nos pagamentos pela Prefeitura, soa com estranheza. Mas a CPI é justamente para isso. Investigar os fatos e não fazer juízo de valor antes das apurações.

Triunfante

Júlio Soldado voltará lindo, belo e triunfante à secretaria de Governo na próxima semana, após a pressão de 12 vereadores que estiveram reunidos com o prefeito na tarde de quinta-feira.

Faca

De acordo com os vereadores, se Soldado não voltasse ao Governo, a cuíca poderia roncar com força no Legislativo. Segundo os vereadores, o único secretário que atende ao pleito dos parlamentares é Soldado. O resto é pura enrolação.

No pescoço

Para acalmar os ânimos da base, Altomani cedeu e aceitou a volta do compadre, que deve acontecer na segunda-feira.

Batata

Como essa coluna busca sempre trazer detalhes que os nossos amigos, respeitosamente, não trazem, vamos a eles.

Assando

Soldado volta com força e respaldo. No entanto, Altomani precisará aparar enormes arestas, pois reza a lenda que o Democratas teria "fritado" o secretário em uma reunião que aconteceu recentemente.

Virando o 'zóio'

Outro que não está nada contente com essa reviravolta é o secretário Moises Rocha. O moço da Comunicação teria tido uma discussão feia com Soldado e havia sido colocado no óleo quente. Dessa vez, a fritura pode sair e o nome que poderia ser elevado ao seu posto é do atual diretor, Garmendia.

Quase certa

A volta de Soldado tem plena relação com a eleição da presidência da Câmara, que deve referendar o nome de Lucão Fernandes na próxima terça-feira. Com a reviravolta, o cenário era bem incerto e Fermiano acreditava na virada, o que se torna bem difícil.

A volta

Com Soldado, Lucão continua com o apoio do vereador Penha. Foi o PMDB que amarrou com Soldado a criação da Secretaria ao Portador de Deficiência em troca do apoio do parlamentar do PPS.

Protestos

Na semana passada os servidores das UPAs Vila Prado e Aracy, realizaram um protesto pela falta de pagamento das horas extras. A secretária Helena Antunes disse que o protesto não tinha fundamento.

Protestos II

Nesta quinta-feira um novo movimento foi deflagrado na UPA Aracy pelo mesmo motivo. Nesta unidade as horas são facilmente justificadas, só não enxerga quem não quer. Veja só:

Protesto III

Lá na UPA Aracy não há assistente administrativo para recepcionar e gerar as fichas de atendimento dos pacientes que chegam em estado grave e urgente, nem tampouco Enfermeira Padrão que possa realizar o acolhimento e acompanhar a aplicação de medicamentos naqueles que necessitem, pois sem a enfermeira padrão não é permitido que as técnicas de enfermagem apliquem a medicação. Quando tem esses profissionais, quando os poucos existentes fazem horas extras.

Protestos IV

As horas extras nas UPAs são realizadas pela falta de funcionários, isto é, utiliza o funcionário existente para preencher a vaga em aberto. E como dissemos acima, isso ocorre com enfermeiras e até atendentes da recepção. A Secretaria de Saúde e também de Gestão Pessoal, sabem do problema e mesmo assim, algumas horas extras de servidores são indeferidas.

Resumindo

A situação das UPAs é a seguinte. Faltam profissionais e o trabalho não pode parar. Para não parar tem de pagar horas extras. Agora se as horas extras não pagas o protesto do pessoal das UPAs é mais do que justa.

E o sindicato

O Sindspam está acompanhando esse problema de perto e já oficializou a Administração por duas vezes, as respostas são vazias. Já estamos sabendo que o sindicato está se mexendo e irá mostrar para a Administração a relação dos servidores que estão sem receber as horas extras devidas. Tudo isso é lamentável. A saúde sempre foi problemática, agora devendo para servidores a situação fica pior ainda.

Até mais 

"É impossível progredir sem mudança, e aqueles que não mudam suas mentes não podem mudar nada" (George Bernard Shaw). Fale conosco: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. 



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo