Rua Lourenço Innocentini
(sentido Centro/Bairro)
50 km/h
Rua Lourenço Innocentini
(sentido Bairro/Centro)
50 km/h
Rua Padre Teixeira
(sentido Centro/Bairro)
50 km/h

As ONGs de proteção aos animais de São Carlos já se mobilizam para questionar a Prefeitura sobre uma atividade que ocorreu durante a exposição do gado Brahman no final de semana passado. Os grupos estão encafifados com a tal prova do laço, que teria acontecido durante a exposição. E prometem acionar o Ministério Público se acharem necessário.

O que dizem

Os grupos de proteção aos animais suspeitam que a Prefeitura e os organizadores tenham ferido uma lei municipal que trata da exposição e dos cuidados dos animais, o que muita gente confunde com proibição de rodeio, lei que São Carlos não tem.

A tal lei

A lei versa justamente sobre a realização de provas em que os animais são expostos a situações em que colocam a sua integridade em risco.

Informações

Um dos integrantes do grupo, que pertence à ONG Cachorro Ajuda, confidenciou à coluna que já procurou a vereadora Laíde Simões para expor o suposto problema. Por sua vez, segundo esse integrante, a vereadora prometeu investigar junto à fiscalização da Prefeitura em que circunstâncias aconteceu essa prova.

R$ 1,6 milhão

Até parece perseguição, mas não é. O projeto Natal Luz, que é defendido pelo vereador Eduardo Brinquedos, está orçado em R$ 1,6 milhão. Isso mesmo: para deixar a cidade mais iluminada, estimular as vendas do comércio, o projeto pode consumir R$ 1,6 MILHÃO.

Pra pensar

Enquanto se pensa em investir R$ 1,6 milhão em Natal, cidadãos como o leitor Paulo, do Cidade Aracy, questionam a Prefeitura sobre os exames de lâmina que estão parados na rede pública de saúde, fato que expusemos na última coluna. Gente, está na hora de pararmos de hipocrisia!

Corpo mole ?

O Paulistinha parece que começou a fazer corpo mole na segundona e perder de penca. A gente só espera que o clube não esteja com medo de se profissionalizar e perder 500 mil benefícios que o amadorismo lhe proporciona. Essa hipótese já até corre nos facebooks da vida.

Fala sério

Temos recebido reclamações de servidores públicos que se dizem intimidados pela administração Altomani. Esses servidores foram convidados a retirarem os processos que movem contra a administração pública, caso contrário vão perder as funções gratificadas.

Fala sério II

O presidente do Sindspam, Adail de Toledo, e o advogado, Luís Luppi, têm interesse no caso, com o objetivo de defenderem o servidor, porém, nenhum servidor se mostrou de "saco roxo" para escancarar o problema. Ou seja: o sindicato fica de mãos atadas.

Só pra lembrar

Sem denúncia, não há como agir. É a mesma coisa que tentar escrever uma reportagem sem argumento, personagem e história.

Pense nessa besteira

O importante não é ganhar, O que importa é competir sem perder nem empatar. Fale conosco: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo