Sim, caro leitor. Esse é o título da coluna. Confuso, não dá para entender nada, assim como as duas reuniões que aconteceram na sede da Delegacia do Trabalho, entre Sindspam, servidores, Ministério do Trabalho e Prefeitura. Waldomiro Bueno, Dante Nonato e Alfredo Colenci foram muito contraditórios na apresentação de seus argumentos sobre a impossibilidade de conceder um reajuste digno aos servidores. Mostraram que não dominam plenamente o assunto. Caíram na fogueira e saíram queimados. E quem tem o domínio do assunto, prefere as férias. E o servidor que se lasque.

Veja só

Na primeira mesa redonda, a Prefeitura alegou que tinham Cemeis e a UPA Santa Felícia para inaugurações e a contratação de servidores poderia inchar a folha de pagamento.

Engraçado

O prefeito Paulo Altomani tem dito aos quatro cantos que a UPA Santa Felícia iria operacionalizar no esquema de terceirização. Os representantes da Prefeitura disseram em um determinado momento da reunião que existia um concurso homologado para a contratação de servidores para a UPA (ué, não vai ser terceirizada?). Em seguida, eles disseram que não disseram nada de concurso. Jesus!

Rebote

Depois disseram que o governo ia inaugurar algo em torno de três Cemeis, as populares escolinhas. Uma servidora, do comando grevista, questiona: "Como assim, inaugurar escola e contratar professores, servidores, se o ano escolar já está em curso". Silêncio total entre os presentes.

Depois...

Disseram que não era nada disso, mas que as obras físicas precisavam de equipes de segurança e outros, sendo que isso geraria custos. Foi tanta argumentação vazia que o principal, que poderia ser o xeque-mate no movimento grevista, que são os números que contestam o limite fiscal, em dois dias de negociação, não foram apresentados.

Conclusão

A conclusão a que se chega é que a Prefeitura, aparentemente, não tem números para contestar o reajuste solicitado pelos servidores e jogam porcentagens a esmo. Isso tem deixado o servidor com a cara de palhaço e alimenta cada vez mais a ira da categoria. O que é lamentável.

Servidor e salário

A coluna tem acompanhado o movimento grevista diuturnamente e conclui que o servidor não quer apenas salário, benefício, mas condições dignas de trabalho. A falta de medicamentos e insumos básicos nas unidades de saúde, como seringas, é problema recorrente, já se tornou rotina nas unidades. O servidor também grita contra o assédio moral.

Como se não bastasse...

Os casos de denúncia de assédio pipocam todos os dias. Ontem, o advogado do Sindicato, Luís Luppi, encaminhou mais uma ao Ministério Público.

Como se não bastasse... II

A servidora Ariele Soriano foi vítima de assédio moral e o absurdo disso tudo é que a moça, textualmente, é acusada de ser ligada ao PT, como se pertencer a um partido político fosse um crime. A carta, inclusive, teria sido assinada pela ouvidoria municipal. Lamentável.

População sofre

Alguns comentaristas e formadores de opinião de São Carlos, sempre mal informados para variar, estão querendo mudar o foco da greve dizendo que a população está sofrendo com todo o movimento.

População sofre II

Concordamos que de fato a população sofre sim, mas servidor público também não faz parte da "população"? É esse mesmo servidor ou munícipe que está pedindo melhores salários e principalmente condições de trabalho.

População sofre III

Concluindo: População e servidor form uma grande orquestra que é regida por um maestro, em outras palavras o prefeito. Pelo o que estamos vendo Altomani está demonstrando não entender nada de nada de orquestra... e nem de Prefeitura.

Vitória do Zé

Zé do Mato saiu vitorioso em um processo movido pelo deputado federal Newton Lima. Zé do Mato insinuou que o monumento a Maurren Maggi, aquele que parece um monte de sucata na Praça dos Pombos, foi alvo de corrupção. Zé do Mato escapou de pagar R$ 45 mil.

Estratégia

Alguns correligionários do ex-deputado e pré-candidato a federal Lobbe Neto têm dito em bares pelos quais passam que o deputado federal Newton Lima não será candidato a federal por conta de restrições na Justiça Eleitoral. Estratégia burra de pedir votos.

Parabéns

Ao dono da Saveiro preta que ficava estacionada em lugar proibido na rua São Joaquim. Agora ela fica um pouco mais acima, em lugar permitido. Parabéns ao secretário Zé Carlos pela atitude.

Não ao calote

Parabéns ao secretário Poianas por querer cobrar R$ 340 milhões em dívida de IPTU. Ah, não esquece de cobrar R$ 8 mil daquele político que gosta de brigar com todos, de ser o paladino da moral e dos bons costumes e que não paga o imposto de uma casa no centro, tá!

Aguarde

Aguarde, pessoal. Estamos preparando uma denúncia pesada, que pode jogar caca por todos os lados...

Ótimo fim de semana

"É tolice arrancar os cabelos por preocupação. Será que o problema desaparece com a calvície?" Fale conosco: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo