Rua Cel. José Augusto de Oliveira Salles
(sentido Centro/Bairro)
50 km/h
Rua Cel. José Augusto de Oliveira Salles
(sentido Bairro/Centro)
50 km/h
Av. Morumbi
(sentido Centro/Bairro)
50 km/h

As investidas de Marquinho Amaral contra Waldomiro Bueno, o secretário de Governo de Altomani, retomaram na mídia. O motivo é bem claro: o comando do PR em São Carlos. O grupo de Marquinho quer o partido; do outro lado da corda, o grupo de Waldomiro está com uma mão na legenda. O problema é que desta briga surgem muitas acusações, algumas delas muito sérias.

Denúncias

Na quarta-feira à noite, houve uma audiência pública na Câmara para tratar do assunto cartão de refeição Ecopag. Marquinho Amaral subiu à tribuna e disse que Waldomiro é o homem da mala e que acontecem coisas estranhas no Paço.

Mais

Falou também de algumas visitas noturnas que supostamente são feitas pelo integrante do governo. Que visitas são estas? Honestamente, não sabemos.

Denúncia

Na política, já estamos saturados de denúncias vazias. Se existe alguma irregularidade, o político tem as suas instâncias de denúncia. Que abra uma CPI ou encaminhe o fato ao Ministério Público. Que mala é essa? Por que ocorrem visitas noturnas? A população precisa saber, afinal se existir dano ao erário, quem paga a conta é o povo!

Falando em Waldomiro...

E aqui não fazemos uma defesa ao Waldomiro ou crítica a Marquinho. Só expressamos o sentimento de quem acompanha as brigas. E por falar em Waldomiro, ele pode colocar o prefeito Altomani numa enrascada.

Falando em Waldomiro... II

O sempre ligeiro advogado Luppi pegou uma atrapalhada de Waldomiro que pode provocar ato de improbidade administrativa. Vocês se recordam da consultoria da empresa do japonês? Aquela que a Prefeitura pagava R$ 25 mil por mês? Pois bem: vai dar pano para a manga.

Defesa

O advogado da Prefeitura fez a defesa do município em ação popular movida por Luppi. Como Altomani também foi citado, o advogado da pessoa física do prefeito teria de fazer a defesa.

Estranho

Segundo Luppi, Waldomiro Bueno a quem Paulo Altomani conferiu procuração para representar o município, tomou o arquivo da peça produzida pelo servidor da Prefeitura, levando-o para seu escritório, na Rua Sete de Setembro, onde seu sócio, atuando como advogado de Paulo Altomani, só teve o trabalho de mudar o pólo passivo. Ou seja: o nome das partes.

Máquina

Para Luppi houve o uso escancarado da máquina pública pelo corréu Paulo Roberto Altomani, que a pagar um advogado particular, se utilizou de serviços realizados pelo advogado do Município, vindo a cópia instruir sua própria defesa e, agora, pelo sócio de Waldomiro.

Resultado

O advogado representou ao Ministério Público contra Paulo Altomani e Waldomiro Bueno com fundamento no artigo 11 da lei de Improbidade Administrativa, os quais teriam atentado contra os princípios da administração pública com violação aos deveres de honestidade, imparcialidade, legalidade, e lealdade às instituições.

Preju

A audiência pública que tratou do caso Ecopag na Câmara foi muito interessante. A secretária Helena Antunes trouxe números bem interessantes do pregão eletrônico que contratou a empresa.

Taxas

No pregão, segundo a secretária, foi estabelecido que a taxa de administração admitida era de pouco mais de 2%. A Ecopag ofereceu  -5,71% (é menos 5% mesmo!). Helena exemplificou: de cada R$ 250 depositados ao servidor, a Prefeitura pagava R$ 244. Negócio interessante, mas que deu problema.

Dívida

Sílvio Carrera de Miranda, proprietário de quatro restaurantes, disse que a dívida da Ecopag supera os R$ 150 mil para com a sua empresa. Outros comerciantes também reclamaram bastante. Alguns com dívidas de R$ 30 mil; outros com R$ 50 mil...

Professor Google

Consultando a empresa Ecopag encontramos algumas situações. Em Louveira, o dono de uma casa de carnes disse ao jornal Folha Notícias: "Esse cartão está fazendo muita gente quebrar. Prejudica o comerciante e o funcionário da Prefeitura. Quem precisa receber seu dinheiro antes dos 45 dias tem que fazer um pedido e esperar três dias para ver se a Ecopag aprova. Está muito desfavorável trabalhar com esse cartão".

Mais

O site Avaré Urgente, de Avaré, também relata as reclamações dos servidores e do comércio. Este alega que a demora nos repasses e as taxas cobradas estão por trás da resistência. E por aí vai...

Até mais

"A vida voa na sua cara, esbarra no seu rosto, suja sua vaidade, corrompe suas certezas, e você não pode fazer nada. A não ser lavar o rosto e começar tudo de novo." (Tati Bernardi). Fale com a gente: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo