Av. Trabalhador São-Carlense
(sentido Centro/Bairro)
60 km/h
Av. Trabalhador São-Carlense
(sentido Bairro/Centro)
60 km/h
Av. São Carlos
(sentido Centro/Bairro)
60 km/h

Confessamos. Não é nada fácil reunir notas de políticos em um universo tão pequeno como São Carlos. Sim. É isso mesmo. Universo pequeno. As pessoas não querem se indispor com as outras e concordam com a contribuição a partir do anonimato. Aqui não tem média aritmética e outros dados científicos.A média da nota é consensual, a partir da união e discussão de opiniões de oito pessoas, entre políticos, sindicalistas e membros da mídia (MEMAP - Membros do Estado Maior da coluna Ácidas da Política). Quem não concordar com as notas, que fique a vontade para dar a sua nota aos parlamentares a partir do espaço destinado aos comentários. Mas antes das notas, distribuímos alguns troféus. Feliz 2015!

Troféu puxa-saco

Vai para Sérgio Rocha. A Prefeitura em crise, errando em diversos setores, um clima pesado entre os poderes Executivo e Legislativo e para o vereador está tudo bem!

Troféu Sabe de Nada, Inocente!

O deputado federal Lobbe Neto leva o troféu. Paulo Altomani e Marquinho Amaral estão se engalfinhando na mídia e o presidente do PSDB passa ao largo dessa briga que enfraquece o partido.

Troféu Sandálias da Humildade

Newton Lima é o vencedor na categoria. O deputado errou feio na campanha. Esquece as bases e as origens. Gostava de pedir voto em cima de um caminhão e só isso. Confiante, contava com 150 mil votos. Faltou muito, quase 30 mil, para chegar aos 100 mil. E depois vem à mídia jogar a culpa em um panfleto que o acusava de ficha suja, mas que chegou a poucas mãos dos eleitores. É preciso rever os conceitos, nobre deputado!

Troféu boca de jacaré

Paulo Altomani é o grande contemplado. Abriu o enorme bocão o ano inteiro, falou muita bobagem, mas contou alguns bastidores que deixaram a todos estarrecidos. Disse que seu fiel companheiro Júlio Soldado fazia o toma lá, dá cá com a Câmara, disse que havia suspeitas na secretaria de Obras, chamou o arquiteto do Hospital Escola de "doido varrido", comentou que Luciano Arantes não atendia a imprensa porque tinha ciúmes dos colegas de imprensa e falou que falta equilíbrio ao Marquinho Amaral. Tem muito mais. O que falta mesmo é espaço!

Notas

A seguir as notas de cada vereadores de São Carlos.

Antônio Carlos Catharino

Insistiu bastante pela duplicação da SP-318, mas a gente sabe muito bem que vereador não tem aqueeeela força para conseguir uma obra na esfera estadual se não houver vontade do governo estadual. Agora, pressiona a Prefeitura e empreendedores particulares pela construção do anel viário da Vila Nery. Mas também pode ficar apenas na pressão. Nota: 6.75

Benedito Matheus Filho

É o relator da CPI que investiga o suposto descarte de materiais escolares. Trabalho muito fraquinho. Tem capacidade para ser bem melhor. Nota: 4.75

Cidinha do Oncológico

Pode não ser o melhor discurso da Câmara, mas é um das vereadoras mais atuantes do Legislativo. Conseguiu tirar o pacientes de câncer daquele muquifo chamado Centro de Especialidades e transferi-los para um Centro Oncológico decente. Nota: 8.25

Eduardo Brinquedos

Como vereador, Eduardo Brinquedos é um empresário de sucesso. Ficou notabilizado em 2014 por usar um termo chulo, "pau na bunda", durante uma sessão da Câmara. Quer pintar reformar as casas do Aracy através do Minha Casa Colorida e incentivar a contratação de mão de obra jovem para o mercado de trabalho. Nenhum dos projetos emplacou. Nota: 2.25

Edson Fermiano

É um dos poucos vereadores que entende o papel de vereador. Junto do departamento jurídico da Câmara, corrige as centenas de projetos da Prefeitura que aparecem errados. E tem argumentos fortíssimos para pedir a abertura da CPI para investigar a instalação de placas publicitárias em placas de sinalização e lixeiras. Nota: 8.5

Equimarcílias de Souza Freire

Sabe polemizar, mas fica só na polêmica. É presidente da comissão de transporte da Câmara e, ao que consta, encalhou na análise o projeto de lei do vereador Maurício Ortega, que disciplina o horário de circulação dos caminhões de transporte de entulho. Nota: 2.25

Idelso Marques Paraná

Um bom vereador. Poderia ser melhor se não fossem os problemas de saúde. Nota: 5.75

José Alvim Filho Dé

Foi para a base do governo e teve uma queda robusta no seu desempenho enquanto vereador. Nota: 3

José Luís Rabello

Está se recuperando de problemas de saúde, mas enquanto estava bom, pouco apresentou à comunidade. Um dos poucos projetos dessa legislatura diz respeito à identificação, através de placas, dos locais que apresentam água potável em São Carlos. Nota: 1.75

Julio César Pereira

Veio da Secretaria de Planejamento e Gestão e empenhou-se em sua campanha a deputado estadual. Falta constantemente às sessões extraordinárias. Será que esqueceu de ser vereador?. Nota: 1.75

Laíde das Graças Simões

Tem um belo trabalho na defesa dos animais, mas apresentou pouco nesse ano. Talvez em função da sua condição de vice-presidente da Câmara. É bom a Laíde dar uma cobrada nos seus pupilos do Departamento de Defesa e Controle Animal, pois temos recebido informações da enorme quantidade de cães abandonados nas ruas do Cidade Aracy. Em função desses pupilos, nota:4

Lineu Navarro

Foi o vereador que denunciou a manobra da Prefeitura na aprovação do Plano Municipal de Saneamento para tentar a privatização do SAAE. Se não tivesse feito a gritaria, mudariam a lei orgânica e hoje a iniciativa privativa talvez estaria dando as cartas na autarquia da Prefeitura. Nota: 7.75

Lucão Fernandes

Teve a dura missão de assumir a liderança do governo Altomani.  Tentou defender o governo, tentou a conciliação entre os poderes e teve o desprazer de presenciar a falta de educação do prefeito de São Carlos, que fechou a porta quase que no rosto do vereador. Levou um duro golpe às vésperas da eleição para a presidência da Câmara, quando o prefeito tentou derrubar a articulação política para apoiar Edson Fermiano. Vereador que sofreu demais com esse governo. Nota: 8.75

Marquinho Amaral

Foi considerado por muitos como o morde e assopra. A verdade é que, enquanto presidente da Câmara, tentou buscar o consenso entre os poderes, mas o "jeitão italiano" do prefeito impediu tudo isso. A gota d´água para o rompimento entre Marquinho e o prefeito foi a insinuação que o pai do presidente da Câmara era um coronel que mandava na cidade. Xavierzinho morreu há 20 anos e não está aqui mais para se defender. Talvez o prefeito vai preferir o Marquinho presidente porque o Marquinho vereador pode provocar estragos ainda maiores nesse governo. Nota: 8.75

Maurício Ortega

Outro bom vereador desta Câmara, que muitas vezes tem o trabalho ofuscado pela péssima administração da Prefeitura. Conseguiu emplacar um projeto bastante interessante. O que dá incentivos fiscais para quem economizar água. Agora, será que vão implementá-lo? Com a palavra o SAAE. Nota: 8

Penha

Penha é um vereador que honra o voto de quem o confiou. Luta como ninguém pela causa das pessoas com deficiência. Antes, o prefeito Paulo Altomani tinha prometido uma secretaria para tratar do assunto. Depois, prometeu uma coordenadoria. Peitou a tudo e a todos e como não via suas demandas serem liberadas pela Prefeitura, sugeriu nove emendas ao Orçamento, contrariando o prefeito e alguns vereadores da base aliada. Foi o mentor da CPI que investiga a Associação Corpo e Alma. Nota: 10 – e com louvor!

Ronaldo Lopes

Atua nos movimentos sociais e nos conselhos municipais de Saúde e Cultura. Tem o temperamento muito difícil de convivência e um discurso muito fraquinho. Nota: 4

Roselei Françoso

Um vereador estudioso das leis. É vereador de oposição, mas muito mais útil para o governo porque aponta os erros, e que não são poucos. Assim como Edson Fermiano, entende o papel de um vereador. Nota: 8.75

Rodson Magno

Vereador que é prejudicado pela administração Paulo Altomani. Veja só: a Câmara aprovou um projeto do parlamentar que obriga cada concessionária de veículo a plantar uma árvore por unidade vendida. Até hoje não foi implantado esse projeto. Outro projeto interessante é o Consultório de Rua para atender às pessoas dependentes de crack. O programa é do governo federal, mas ninguém da Prefeitura apoia o parlamentar. Nota: 7

Sérgio Rocha

Pode falar errado, puxar o saco da Administração, mas é um dos poucos vereadores que conquistou muitas emendas parlamentares para São Carlos, principalmente para a Santa Casa. Nota: 7,5

Walcinyr Bragatto

Tem bom discurso, mas só fica no discurso. Prometeu levantar os gastos do Natal Luz do ano passado e até hoje não apresentou nada. Gritou que levaria o caso ao Ministério Público e nada. Nota: 4

Feliz ano novo

Bom pessoal, essa é a última coluna do ano de 2014, voltaremos somente na próxima semana, por conta do recesso parlamentar as coisas andam bem morna na cidade. Ah não ser que o maestro Altomani, resolva dar mais entrevistas, aí é claro, não vai faltar notícias.



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo