Rua Cel. José Augusto de Oliveira Salles
(sentido Centro/Bairro)
50 km/h
Rua Cel. José Augusto de Oliveira Salles
(sentido Bairro/Centro)
50 km/h
Av. Morumbi
(sentido Centro/Bairro)
50 km/h

O prefeito Paulo Altomani é o dono da caneta, maestro e mandatário desta cidade, mas estas últimas demissões, no mínimo precisam de uma explicação à sociedade. Na tarde de ontem, a demissão de Márcio Marino, que até agora vinha realizando um trabalho com poucas críticas, pegou a todos de surpresa. O interessante de tudo isso é que o secretário esteve por toda a manhã com o prefeito visitando obras e à tarde recebe um telefonema da secretária Helena Antunes comunicando a demissão.

Escondido

Márcio Marino também acumulava a secretaria de Transporte, é bom lembrar. Para cada demissão deve ter uma explicação. O que teria feito de desabonador o secretário Marino?

Vilão

Se o prefeito não vir a público explicar os motivos das baixas, seu governo continua a sofrer um desgaste desnecessário. Vamos combinar, Altomani. A gente leva uma caixa de uísque, bebericamos e o seu explica o que de fato aconteceu com o secretário.

Se não...

Caso contrário, sua administração pode acabar nas lixeiras da Avenida São Carlos e ruas vizinhas. Vamos aproveitar, prefeito. Aproveite as novas placas de trânsito instaladas na cidade e sinalize os motivos da demissão.

Exemplo

Ah, o exemplo vale para a demissão de Julio Soldado, seu fiel escudeiro por mais de 20 anos. Prefeito, não coloque sua administração em xeque (ou cheque?). Explique tudo direitinho.

Marino falou

Pelo Facebook, Marcio Marino se manifestou e agradeceu a todos que colaboraram com ele durante sua permanência nas secretarias. Ele confirmou que recebeu a notícia por meio da secretaria Helena Antunes, ele esperava ao menos receber a notícia do prefeito. Marino também não sabe o motivo pelo qual foi exonerado.

Marino falou II

"Não tenho conhecimento do motivo, mesmo porque não dei motivo, e espero que o Prefeito me chame e dê uma pequena explicação assim não paira no ar qualquer boato.Esperava pelo menos poder receber a noticia pelo Prefeito e poder saber o motivo e ter o direito de defesa. Dormirei tranquilo pois tenho consciência de todos os meus atos e com certeza posso garantir que nada errado cometi", assim encerrou o assunto em sua página no Face.

Podridão

O mundinho pantanoso da política registrou situações interessantes da eleição do presidente Lucão Fernandes. Veja só: Dé Alvim abriu mão da primeira secretaria para o PT fazer a composição com a chapa de Lucão. A vaga ficou para Ronaldo Lopes e Dé passou para a segunda secretaria.

Conversa

Depois, rolou uma conversa que o PMDB teria tirado Dé da vaga para fechar com o PT, o que gerou a revolta do pessoal do Paço, que tentou derrubar a chapa de Lucão da eleição. Será que rolou traição do Solidariedade?

Por falar em traição...

Dizem que na inauguração da escola Bento Prado, no Douradinho, o prefeito Paulo Altomani chamou o vereador Roselei Françoso no cantão e o convidou a compor chapa com Edson Fermiano, Júlio César e companhia bela.

Qual era a conta?

Quando começou a traição do prefeito ao PMDB, ele achava que o doutor Edson tinha fechado com os seguintes vereadores: Eduardo Brinquedos, Catharino, Sérgio Rocha, Júlio César, Lineu, Roselei, Ronaldo. Ele também achava que poderia agregar mais quatro ou cinco nomes: Rodson, Cidinha, Paraná, Dé ou Maurício Ortega. Deu com os burros n´água porque todos os vereadores mantiveram o voto em Lucão.

Ressaltando

Mas que tinha gente doidinha pra trair tinha. Nos bastidores, comenta-se que Paraná e Dé estavam bem dispostos a pular de barco.

Firmeza

Júlio Soldado não está mais no governo, mas se ele estivesse e achasse que dominaria o mandato de Lucão estaria muito enganado. No programa Carlinhos Lima, da Clube AM, o novo presidente da Câmara mostrou muita firmeza e deixou o recado. Quem manda na Câmara são os vereadores.

Ironias

Quem ouviu o doutor Edson Fermiano na Intersom, talvez, não tenha entendido o fato de ele insistir que estava na rádio sem a presença de assessor. Como a gente entendeu o recado, vamos explicar.

Ironias II

Edson Fermiano cutucou Eduardo Cotrim, que no dia anterior acompanhou Lucão Fernandes em entrevistas nas Rádios Intersom e Clube AM.

Nada a ver

O fato de Cotrim acompanhar Lucão demonstra a unidade do partido em torno do novo presidente. Aliás, o doutor Edson tem um assessor que é chará dele, o Edson Ferraz, que poderia acompanhá-lo às emissoras.

Demagogia

Falar em redução no número de vereadores é algo que soa com muita demagogia. Afinal, lá atrás, apoiou-se o aumento de 13 para 21 parlamentares.

Mais demagogia

Outra demagogia é falar de salário de vereador. É extremamente injusto um assessor parlamentar ganhar R$ 6 mil, R$ 7 mil líquidos e um parlamentar, que tem uma enorme responsabilidade nas costas, R$ 4,7 mil líquidos.

Ele voltou

Celso Higashi está voltando à secretaria de Trânsito. 

Será? 

Que o próximo secretário a dar linha na pipa é José Carlos Corrêa, dos Serviços Públicos?

Prepara-se

Vem aí a nota dos vereadores. E você poderá dar a sua nota também. Aguarde!

O Bombeiro

Na coluna passada perguntamos o que o futuro deputado federal Lobbe Neto, estava fazendo frente a todo esse barulho que envolve o PSDB local, ainda mais depois de mais uma turbulenta entrevista do prefeito Paulo Altomani na Intersom FM.

O Bombeiro II

Bom, recebemos a informação de que Lobbe apesar de não aparecer, ele está agindo como um bombeiro nessa história toda. É Lobbe então chama reforço que sozinho você não vai conseguir muita coisa não. Olha só o tanto de coisas que aconteceu de quarta até hoje (12).

Bar do Baixinho

Sobre a passagem de Lobbe Neto no Bar do Baixinho, na rua Marechal, no último sábado, não citamos que ele estava acompanhado nada mais, nada menos do que Marquinho Amaral e Eduardo Cotrim. Então tá!

Chega!

Separei da minha mulher e cada um ficou com um lado da casa. Eu fiquei com o lado de fora e ela com o lado de dentro. Fale conosco: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo