Av. Morumbi
(sentido Centro/Bairro)
50 km/h
Av. Morumbi
(sentido Bairro/Centro)
50 km/h
Rua Cel. José Augusto de Oliveira Salles
(sentido Bairro/Centro)
50 km/h

Gente, quem disse que a política de São Carlos está chocha pode se enganar muito. As campanhas eleitorais estão pegando fogo. Tem candidato a deputado estadual  "p" da vida com o sumiço e destruição das suas placas eleitorais, o que é uma verdadeira sacanagem com o sujeito. E os gastos do Carnaval, lembram-se? Pois bem, o Ministério Público já recebeu as informações. Ah, e tem também cada trairagem nas campanhas eleitorais. Se o Nelson Rubens ler a coluna de hoje, vai morrer de inveja.

Intervenção

Já chegou aos ouvidos do deputado estadual Campos Machado, do PTB, as supostas puladas de cerca dos dois vereadores do partido em São Carlos. Sérgio Rocha diz que vai trabalhar para os candidatos da igreja dele, mas já pediu voto para Júlio César na cara dura e para um informante desta coluna.

Cathá...dão

O vereador Catharino também deve botar as manguinhas de fora, pois já flagraram o decano pedindo votos para o caubói. A verdade é uma só. Se Campos Machado teve 1.200 votos na eleição passada em São Carlos, esse mérito é do João Muller, que carregou o partido nas costas durante alguns anos. Aliás, João Muller vai entrar para o Guinness Book por ter tripla filiação partidária. Vai gostar assim do partido, hein João!

Mãos dadas

O ex-prefeito Dagnone de Melo ciceroneou Paulo Maluf em São Carlos. Ambos foram vistos na Câmara de São Carlos na tarde de ontem.

Revelador

Paulo Maluf disse à imprensa que não é ficha suja. Legal, e eu sou o Caio Castro!

Modalidades

Com a nomeação do Véio na Secretaria de Esportes vamos ter a inserção de novas modalidades no calendário esportivo de São Carlos. Chincha, damas, xadrez, truco, rouba monte, 21, gamão e outros esportes serão fomentados pelo novo pupilo do Sangaletti.

Coma

Imagine uma pessoa entrando em coma no ano 2000 com R$ 35 milhões em dívidas. 14 anos depois, ela acorda e sente um vazio no cofre de R$ 159 milhões. Essa situação é vivida por São Carlos, que continua atolada em dívidas, em função dos escorchantes juros.

Será?

O secretário Poianas disse que a Prefeitura deve cortar algo em torno de 40% dos cargos de confiança da Prefeitura. Hoje, são 243 cargos. Se isso se concretizar, o facão fará a poda em mais ou menos um 100 cargos.

Pergunta

A teoria é linda. E a prática, secretário? Existe algo no governo que se chama governabilidade. Sem cargos, não há a moeda de troca.

Bucha

Como o vereador Paraná pulou fora do barco (hoje ele está de bem de Altomani), um outro cidadão vai questionar na Justiça os gastos com shows realizados em São Carlos. E o fiote pode arder.

Comparações

Esse caso não é segredo, inclusive já foi divulgado pela coluna Ácidas em outras ocasiões. Os shows do Carnaval com "Os Travessos", "Jair Rodrigues e Luciana Mello", "As Mulatas do Sargentelli" , "Eliana de Lima" e  "Katinguelê foram contratados por R$ 283.500,00 e os cachês tiveram diferença de até 300% em relação a alguns shows semelhantes – e realizados no mesmo período – em Hortolândia.

Bojo

Nesse imbróglio todo junta-se o show de Vítor e Leo, que foi realizado em 4 de novembro em São Carlos e custou R$ 170 mil. O mesmo show na "metrópole" Gavião Peixoto custou R$ 100 mil.

Pergunto

Nada contra, mas por que a dupla João Carlos & Bruno toca tanto em shows da administração municipal? Talentosos eles são, mas São Carlos não tem outros tantos artistas do mesmo calibre que ambos e que merecem uma oportunidade!

Até

Li que fumar fazia mal, parei de fumar. Li que beber fazia mal, parei de beber. Li que fazer sexo fazia mal. Parei de ler. Fale conosco: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo