Nesta terça-feira (24), os radares móveis estarão nos seguintes locais: 

RADAR 1 – Av. Getúlio Vargas (Centro/Rodovia) velocidade máxima permitida de 60 km/h; 

RADAR 2 – Av. Getúlio Vargas (Rodovia/Centro) velocidade máxima permitida de 60 km/h; 

RADAR 3 – Av. Comendador Alfredo Maffei (região da chaminé) velocidade máxima permitida de 60 km/h.

A Câmara de São Carlos aprovou a Lei de Diretrizes Orçamentárias na última segunda-feira. O que chama bastante a atenção é uma das emendas, que foi apresentada pelo vereador Penha (PPS) sobre o porte de arma de fogo para os guardas municipais. Segundo o vereador, "a proposta leva em consideração que a Legislação permite o uso e o porte de armas de fogo pelas Guardas Municipais, através da Lei Nº 10.826/03 – Estatuto do Desarmamento e, concomitante a essa Lei, tramita no Senado Federal o PLC 39/2014 – Estatuto Geral das Guardas Municipais, fatores estes que corroboram para uma maior efetivação da Guarda Municipal de São Carlos, nas ações de segurança pública de nosso município".

Sinceramente...

Na opinião desta coluna, Penha comete uma derrapada ao colocar esse tema em discussão. Aliás, o vereador jogou no colo da gestão Altomani a colocação desse projeto em prática.

Sinceramente... II

Se militarizarmos a Guarda Municipal, mais uma vez, o município assume pra si algo que é dever do Estado oferecer ao cidadão: a segurança pública.

Sinceramente... III

Vale lembrar que o mesmo vereador propôs a implantação da Atividade Delegada, em que o policial de folga ganha para atuar no município. Também temos o Dejem, que é uma espécie de hora-extra, paga pelo Estado.

Cobrança

O caminho não é municipalizar a segurança pública. E ações dessa espécie caminham para isso. O que os políticos precisam brigar é para que o Estado seja mais efetivo na segurança pública, oferecendo condições e bons salários aos policiais militares.

Não pode

O que não pode é o município assumir o papel do Estado. Aí não dá certo.

Bastidor

Ainda sobre o desarmamento, o que se comenta – mas não se confirma – é que os vereadores votaram em favor de Penha para jogar no colo da Prefeitura a decisão sobre o armamento. Será?

Descontentes

Muitos parlamentares estão descontentes porque o governo tem travado a liberação das emendas parlamentares às entidades beneficiadas. Tem vereador que fica em maus lençóis com a instituição.

Entornou

O grupo do vereador Paraná, que apoiaria Newton Lima como deputado federal, já não é mais coeso. Segundo informações obtidas pela coluna, o acordo não vingou. Mas todo mundo sabe: em política, tudo pode mudar.

Avalanche

São Carlos deve apresentar um 'tsunami' de candidatos a deputado. Só federais, devem ser quatro: Newton Lima, Lobbe Neto, Dante Peixoto, Ednéia Brizola, e um tal de Monteiro. Estes dois últimos do PRTB, o partido do aerotrem.

E estadual?

Pra estadual, tem candidato de penca: Eduardo Brinquedos, Bragatto, Júlio César, Dé, Ulisses Sales, Dr. Bizzarro, Emerson Leal, Lazzaroto, Edmilson de Oliveira e Airton Garcia ou Dr. Francisco.

Lembrando

Airton Garcia e Chico Louco não decidiram se serão candidatos a federal ou estadual. Com esse bolo de candidatos, São Carlos corre o risco de ficar sem deputado estadual. Uma pena!

Aguardando

Um internauta ficou de nos enviar fotos da Festa Junina da Fesc e estamos no aguardo. Reza a lenda que o valor do cachorro quente era R$ 8,50. Seria um cachorro quente padrão Fifa comprado na Daslu? Aquela loja de gente chique.

Confusão

Tem cheiro de confusão no ar. É que os professores de Educação Física da Rede Municipal de Ensino vão ser incluídos na Lei do Piso. Com a medida, a maioria dos professores ACTs que cumpriam atividades educativas com as crianças ficará de fora dessa medida.

Fracassou

A licitação para contratar empresa para fornecer alimentação aos atletas nos Jogos Regionais fracassou. São as merendeiras da Prefeitura que irão a Lins fazer a comida dos atletas.

Tíquetes

E Sindspam está convocando uma mesa redonda com a Prefeitura, para saber o porquê estão sendo cortado o tíquete refeição dos servidores que trabalham nos setores de urgência e emergência da Secretaria da Saúde (UPA e SAMU).

Tíquetes II

O ofício encaminhado ao gerente do trabalho, Antônio Valério Morillas Júnior, solicitando a mesa redonda  especifica que alguns servidores receberam o tíquete e outros não e que não houve consulta prévia, sendo que tudo teria sido definido pela chefia que relacionou quem se alimentava nas unidades e quem não se alimentava. Para o Sindspam não á admissível que seja dado tratamento diferenciado a servidores que trabalham nas mesmas condições. Vamos aguardar e ver no que vai dar tudo isso.

Sexta tem mais

Se tá difícil pra você, imagina pra quem anda de bicicleta e diz que é pra contribuir com o meio ambiente. Fale conosco: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo