Nesta terça-feira (24), os radares móveis estarão nos seguintes locais: 

RADAR 1 – Av. Getúlio Vargas (Centro/Rodovia) velocidade máxima permitida de 60 km/h; 

RADAR 2 – Av. Getúlio Vargas (Rodovia/Centro) velocidade máxima permitida de 60 km/h; 

RADAR 3 – Av. Comendador Alfredo Maffei (região da chaminé) velocidade máxima permitida de 60 km/h.

Em coluna passada, já falamos de um tal japonesinho de Rio Claro, que foi duramente criticado pelo vereador Marquinho Amaral. Agora surge outro japonesinho: o de Campo Limpo Paulista. Na sessão de ontem, Marquinho desceu o pau no político – e não faltaram adjetivos: "safado", "corrupto", "desonesto". Marquinho chegou a dizer que o japonesinho faz suas articulações pra lá suspeitas em um restaurante chique, nos altos da Praça da XV.

Sem perdão

De acordo com Marquinho, o japonesinho foi expulso "da cidade na região de Jundiaí" por corrupção. Denunciou também supostos esquemas no transporte público da cidade e vários processos de irregularidade na administração.

Grana

Segundo o presidente da Câmara, o tal do japonesinho leva R$ 25 mil por mês da consultoria à Prefeitura e quer mandar nos rumos de São Carlos.

A pergunta

Só nos resta perguntar: o que uma pessoa com tantos atributos negativos (segundo Marquinho Amaral) faz em São Carlos?

Falha feia

O cantor Moacyr Franco teria se recusado a cantar em uma festa de premiação de São Carlos porque faltava uma mesa digital para dar ganho à voz. O show custaria R$ 19 mil e o cantor  foi embora sem se apresentar.

Reflexão

Gafes em festas do gênero precisam ser revistas, afinal de contas tem dinheiro público na jogada. Em anos anteriores, um buffet quase não serviu os convidados de uma festa porque até o início do evento não tinha recebido. Correram atrás de grana para o contratado, que por pouco não dá linha na pipa com as panelas cheias de comida.

Chabu

Houve discussão feia no Paço Municipal na última segunda-feira. Secretários da mais alta plumagem de São Carlos bateram boca com o prefeito Paulo Altomani. O motivo? Leia o tópico abaixo. É pra criar mais expectativa...

Chabu II

O motivo foi à declaração do prefeito à imprensa quanto à privatização do Saae. O prefeito disse que tudo não passa de boato e deixaram essas pessoas do governo em maus lençóis com um povo de São Paulo, Rio Claro, Limeira e outras cidades.

Moderna e Humana

Dé Alvim criticava o secretário José Carlos Corrêa, de Serviços Públicos, quando soltou a frase: "não é assim que se constrói uma cidade moderna e humana". Esse slogan era da administração Barba. A de Altomani é: "um novo tempo" que em breve se transformará em "No rumo Certo".

Falando nele

Dé, pelo amor de Deus, ta doendo ouvir você falar xujo e não sujo. Dói mais que ouvir o "R" arrastado e fora do lugar do vereador Sérgio Rocha. O tirar o "bumbum da cadeira" até vai lá, mas xujo não dá.

Falando nele II

Seria Dé Alvim fá da Xuxa? Lembram dela, toda palavra colocava um X antes.

Reunião

Na reunião do PSDB, um militante ficou bravo com os vereadores do partido, que não defendem o governo Altomani quando Lineu chama a administração de porcaria.

Reunião II

"Ninguém defende mesmo porque a administração tá uma merda", disse um dos tucanos.

Seja dita

É preciso dizer a verdade: se o governo Altomani emplacar uma série de inaugurações, pode melhorar a sua imagem perante o público. Há tempo para isso.

Reclamar

Um publicitário chamou a polícia ontem porque não foi atendido pelo Procon. E o publicitário chegou 45 minutos antes de fechar o órgão de defesa do consumidor. Quando o Procon não atende, a quem podemos reclamar? Ao Procon?

Argumento

O Procon alega falta de funcionários, já a secretária de Administração, Helena Antunes, disse que o Procon tem o triplo de funcionários da gestão passada. Vai entender

Grave

O chato é que o publicitário alega que não tinha nenhum consumidor no Procon. Ele entende que daria para atendê-lo numa boa.

Homenagem

Muito oportuna as homenagens que foram realizadas no último sábado na reinauguração do campo de futebol do São Carlos Clube. Durante o evento, os 33 presidentes que fizeram parte da história de 70 anos do clube foram lembrados e várias personalidades que passaram pelo futebol são-carlense receberam medalhas como forma de retribuição pelo empenho e dedicação ao esporte.

Homenagem II

Quem participou disse que o evento foi show de bola. Gostaríamos de agradecer em especial ao amigo Celso Segnini que fez uma singela e discreta homenagem ao jornalista e radialista Jota Ribeiro, falecido em fevereiro deste ano. Obrigado Celso.

Por hoje é só

"O bonito é o que o simples faz para a gente, não o que o metido faz para os outros". Fale conosco: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo