Nesta terça-feira (24), os radares móveis estarão nos seguintes locais: 

RADAR 1 – Av. Getúlio Vargas (Centro/Rodovia) velocidade máxima permitida de 60 km/h; 

RADAR 2 – Av. Getúlio Vargas (Rodovia/Centro) velocidade máxima permitida de 60 km/h; 

RADAR 3 – Av. Comendador Alfredo Maffei (região da chaminé) velocidade máxima permitida de 60 km/h.

Na coluna da última sexta-feira "As contas dos Jogos Regionais foram reprovadas", foram divulgadas algumas situações que ocorreram antes, durante e depois da realização do torneio. Algumas dessas situações não foram bem aceitas pelo ex-secretário Municipal de Esportes Zezão Favoretto.

Por telefone ele contestou algumas informações divulgadas e por isso agora vamos esclarecê-las. A primeira é sobre a reprovação das contas, as mesmas deveriam ser prestadas pela Secretaria da Fazenda.

Sobre as más condições das praças esportivas, Zezão deixou claro que fez uma ampla reforma em todas elas onde foram disputados os jogos e desafiou a coluna em apontar uma praça esportiva em más condições. Sobre o alambrado na Cica, o ex-secretário disse que foi colocado por uma empresa da cidade que não teria cobrado nada dele e o alambrado está lá.

Sobre a pintura deste espaço, apenas a quadra foi pintada e ainda assim pelo sócio do rapaz que seria parente de um cargo de confiança. Sobre a equipe de vôlei, divulgamos que a mesma era do Rio de Janeiro, erramos, ela é do Minas Tênis, sobre despesas com hospedagens em hotel, as contas teria sido pagas pelas associações de cada modalidade (Associação de Vôlei, Handebol e outros) e não pela Secretaria de Esportes. Sobre o não pagamento das Vans, Zezão confirmou que isso não ocorreu, mas não foi por sua culpa. E por fim ele contestou a informação de que os Jogos em São Carlos foram um desastre.

Relatório

Zezão nos enviou um relatório da Secretaria de Esportes, Lazer e Juventude do Estado, onde cita que os Jogos Regionais de São Carlos, realizado nos dias 17 a 27 Julho de 2013 foi um SUCESSO.

Enfim

A conclusão que chegamos é que Zezão Favoretto, está magoado, mas muito magoado com tudo o que aconteceu e que de alguma forma culminou com sua saída do Governo. Essa mágoa ele deixou clara por telefone é atribuída ao prefeito Paulo Altomani. Zezão, não liga não, você não é o único, está cheio de gente que já deixou o Governo, mas muito, mas muito magoado com o Prefeito. Segue pra frente Zezão...

Reza a lenda

A história da privatização ou concessão do SAAE ainda vai dar muito pano para a manga. Reza a lenda, que a revisão já está pronta, guardada inclusive em uma das gavetas do Legislativo, com o parecer da tal Conam.

Reviravolta

Porém, o caso ganhou uma reviravolta na sessão de ontem. O vereador Marquinho Amaral declarou extinta a Comissão de Revisão da Lei Orgânica. Formada em setembro do ano passado, a comissão teria de ter o prazo dos estudos prorrogado em dezembro, o que não aconteceu.

Batalha

Com isso, os servidores do SAAE ganham um fôlego, mas a guerra não está vencida.

Manobra

O vereador Roselei Françoso apresentou o pedido de retirada do seu nome da comissão. Segundo integrantes da oposição ao governo Altomani, esta decisão teria provocado o anúncio do presidente Marquinho.

Estratégia

A estratégia da oposição, mais especificamente o PT, era a seguinte: tirar o nome de Roselei da Comissão e se as alterações na Lei Orgânica fossem concretizadas, daria brecha para contestar as alterações na Justiça, já que a comissão de estudos era inválida, pois os prazos foram extintos.

Coragem

Mesmo diante de todo esse imbróglio, o vereador Edson Fermiano promete prosseguir com o assunto e vai sugerir as emendas na Lei Orgânica. Aí, o fantasma concessão SAAE pode voltar a assombar.

Conta

Desde novembro, uma das contas de energia da Coordenadoria de Meio Ambiente não foi paga, o que gerou o corte. A energia cortada alimenta o sistema de informática da secretaria.

Vergonha

O vergonhoso é que as contas não chegam a R$ 90. Irônico, o vereador Lineu Navarro disse que destinaria pouco mais de R$ 400, o valor da conta, para o pagamento. O dinheiro do vereador é referente a emenda parlamentar.

Bravo

Na segunda-feira, esta coluna cruzou com o vereador Lucão Fernandes, que subiu bravo à sala do presidente Marquinho. Ele não teria gostado da nota publicada na coluna Tiro Curto, do jornal Mais Cidade, falando que Cotrim foi à Prefeitura, na calada da noite, para tratar da sucessão à presidência da Câmara. Lucão nega que quer suceder Marquinho.

Negociata

Segundo informações a visita de Cotrim teria sido direcionada à indicação de Diana Cury à Secretaria de Educação, mas em política nada se descarta e nada deixa de ser discutido.

Ruídos

Altomani foi vaiado no Matsuri. Até aí, tudo bem, pois vivemos em um país democrático e toda manifestação deve ser encarada sob esse aspecto.

Ruídos II

O erro de Altomani foi provocar quem o vaiava chamando-os de 'barbudos' e 'viúvas'. O resultado engrossou o coro das vaias.

Garantia

A Prefeitura garante que investiga a denúncia de suposto abuso de três crianças de três anos em escola municipal do Santa Felícia. Garante também que os suspeitos – dois professores – foram afastados das funções. O Conselho Tutelar acompanha o caso.

Cheirinho...

Tem político e advogado bastante espertos com o programa Prefeitura no Bairro, ex-Orçamento Participativo. Como quem comanda o OP é Maurinho França, aliado do vereador Dé Alvim, pré-candidato a deputado estadual, há uma vigilância redobrada para que o programa não se torne palanque político.

Pagar para ver

O tal Prefeitura no Bairro funcionará assim: montarão tendas para secretários e prefeitos ouvirem a população. Será que eles ouvirão, de fato, os reclamos da população?

Até sexta

"Faça trabalhar a cabeça e dê férias à língua" Fale conosco: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo