Av. Trabalhador São-Carlense
(sentido Centro/Bairro)
60 km/h
Av. Trabalhador São-Carlense
(sentido Bairro/Centro)
60 km/h
Av. São Carlos
(sentido Centro/Bairro)
60 km/h

Uma tomada de preços de 2014 diz respeito à contratação de pessoa jurídica para prestação de serviços técnicos especializados de consultoria e assessoria nas áreas de direito financeiro público, licitações e contratações, acompanhamentos e defesas de processos junto ao Tribunal de Contas do Estado de São Paulo, repasses públicos ao terceiro setor e funcionalismo.

O valor máximo para a contratação é de R$ 474 mil. Essa contratação refere-se à intenção da Prefeitura em contratar uma empresa para defender o município das tungadas sucessivas que levam do Tribunal de Contas do Estado (TCE), que já rolam às dezenas.

Curiosamente

Apareceu um projeto na Câmara que tira recursos da Secretaria de Serviços Públicos e transfere para a Procuradoria Geral do Município para a contratação de empresa que presta consultorias.

Curiosamente II

O curioso nessa história toda é o seguinte. Primeiro a prefeitura já tem advogados concursados para exercerem essas funções. Sabemos que o MP está cobrando das Prefeituras do Estado que eles enxuguem os cargos em comissão lotados em departamentos jurídicos. Além de advogados, a prefeitura já tem o seu Procurador Jurídico.

Curiosamente III

Lembram da Dra. Caroline Garcia Batista, a Dra. Carol, falecida em 2011? Ela foi nas administrações de Newton Lima e Oswaldo Barba a Procuradora Geral do Município de São Carlos e a responsável por defender a Administração nessas questões jurídicas, inclusive no Tribuna de Contas. Diga-se de passagem, desempenhou o seu papel de forma brilhante.

Bastou

O projeto chegou na casa e a bancada do PT já se posicionou contra. O vereador Bragatto também. Eles dizem que a cidade anda no caos, sem limpeza adequada, e a Prefeitura tira grana justamente de quem cuida da limpeza da cidade, a Secretaria de Serviços Públicos.

Mais curioso ainda

No Diário Oficial de terça-feira consta um aditamento de R$ 1,7 milhão à empresa Revita, que cuida da limpeza pública da cidade. A indagação é: tira-se dinheiro do Serviço Público, manda para a procuradoria fazer consultorias e adita-se um contrato no valor de R$ 1,7 milhão. Então, por que a cidade ficou tão suja por tanto tempo? Pois, pelo jeito, dinheiro não falta na secretaria.

Interessante

A Prefeitura cancelou a ata de registro de preços para a compra dos uniformes escolares no valor de R$ 9,5 milhões. Até aí, tudo bem. O interessante é que o comentarista João Muller, da Rádio Intersom, levantou uma dúvida. Ele questiona o porquê do processo não ter sido cancelado no calor da polêmica. E acredita que a Prefeitura deixou esse fato rolar pelo simples motivo de atingir a meta de investimentos na Educação. Será?

Barrado no baile

O advogado Luís Luppi e o seu estagiário Dhony Paraná foram, literalmente, barrados no baile. Durante a entrega dos cheques às servidoras da JLS Serviços teve assessor político que não queria a presença de ambos no auditório.

Político

O sofrimento das servidoras da limpeza, que em sua maioria ficaram sem o 13º salário, transformou-se em ato político, com a participação do prefeito e do ex-deputado Lobbe Neto na entrega dos cheques. O triste de tudo isso é que na época do sofrimento só mandaram o assessor do assessor do assessor conversar com as moças da limpeza. Na hora do filé o assessor do assessor do assessor não queria a presença do advogado. Triste!

Apuração

O vereador Paulo Taú fez uma revelação sobre a entrega dos cheques às servidoras. A empresa, segundo o vereador, errou na conta, descontou dias trabalhados e pecou no pagamento de outros direitos trabalhistas. Até quando essas mulheres vão sofrer?

Ainda sobre o Taú

O vereador não sabe o dia que deixa a Câmara para a volta de Júlio César. Num primeiro momento, Taú deve ficar até o final de janeiro.

Chatos

A sessão da Câmara de terça-feira foi mais uma vez muito chata. Na votação do projeto da Atividade Delegada, todos os vereadores queriam falar. Os discursos se prolongaram e os policiais ficaram com o picuá cheio. Nesse projeto, o único a discursar, por mérito, era o vereador Penha. Os demais quiseram arrancar uma casquinha.

Skafedeu

Paulo Skaf veio a São Carlos ontem, lançou a equipe de triátlon e... beleza. Em Araraquara, o político e presidente da Fiesp anunciou um investimento de R$ 40 milhões no Senai. O Senai daqui só terá investimentos em 2015. Tamo bem com o seu candidato a governador, hein senhor Cotrim.

Lista da maldade

Informantes da CIAP (Central de Inteligência das  Ácidas da Política) nos informaram que está pronto para ser publicado no Diário Oficial do Município,  (talvez na sexta) uma extensa lista de exonerações de cargos de confiança da Prefeitura Municipal, Autarquias e Fundações.

Lista da maldade II

A intenção do Governo é dar uma limpada nos locais onde esses cargos de confiança, estariam fazendo absolutamente nada ou atrapalhando a atual gestão. Vai ter departamento que vai ficar vazio...

O informante

Ontem nos corredores da Câmara Municipal, algumas pessoas, inclusive vereador faziam a seguinte pergunta: "Quem será a pessoa que está abastecendo o vereador Roselei (Françoso do PT), com tantas informações? Como ele consegue descobrir tanta coisa?

O informante II

Fácil responder: Além de o vereador estar afinado com as redes sociais e ter uma assessoria atenta, ele fica um bom tempo em seu gabinete estudando, analisando projetos, ofícios, Diários Oficiais do Município entre outros documentos. Enquanto ficam fazendo "política", o parlamentar petista fica estudando toda essa papelada. Pena que ele faz parte de uma pequena minoria que faz isso. Muitos dos seus pares, sequer sabem o que estão votando.

Moção

O vereador Lineu Navarro (PT), teve aprovado na sessão de ontem uma Moção de Protesto pela demissão de uma funcionária grávida pela Prefeitura Municipal de São Carlos. "Além de imoral ainda fere nossa Constituição!", disse Lineu. A funcionária citada é Vanessa de Moura Messias, que fez o seu desabafo pelo Facebook, logo após sua exoneração.

Vai para Araraquara?

Ontem na sede do CPP, aconteceu o lançamento do VI Encontro Estadual de Alimentação Escolar e o I Encontro Nacional a respeito do tema. O conselho é presidido pelo ex-vereador Azuaite Martins de França que informou que ainda não tem um local definido para a realização deste grande evento.

Vai para Araraquara? II

Há quatro anos o evento que reúne servidores municipais ligados ao tema de todo o estado de São Paulo, vem sendo realizado em São Carlos. Ocorre que neste ano ainda não houve um entendimento entre os organizadores do evento com a Prefeitura Municipal. Em contra partida Araraquara já ofereceu local e a estrutura necessária para o evento. Pelo visto, Azuaite e o pessoal do Conselho este ano terão de se reunir na vizinha cidade mesmo.

Pense

"Estrada reta é igual à mulher sem cintura, só dá sono." Fale conosco: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo