Av. Morumbi
(sentido Centro/Bairro)
50 km/h
Av. Morumbi
(sentido Bairro/Centro)
50 km/h
Rua Cel. José Augusto de Oliveira Salles
(sentido Bairro/Centro)
50 km/h

As palavras têm poder e ainda mais quando são colocadas no papel. O colunista recebeu essa semana o plano de governo do prefeito Paulo Altomani e no item que trata do trânsito, o plano é bem claro: "desativar a "indústria da multa", implantando lombadas eletrônicas e direcionando o rendimento das multas para a Santa Casa de Misericórdia. Veja bem, com mais de 37 mil multas em menos de um ano, a Santa Casa pode ficar despreocupada, afinal vai encher as burras de dinheiro, segundo a promessa do prefeito Paulo Altomani. E olha que são R$ 25 milhões os valores da dívida do hospital. Uma pena que as palavras se perdem ao vento...

Por falar em saúde

O servidor Natanael Alves da Silva foi vítima de agressão verbal durante uma reunião do Conselho Municipal de Saúde. A informação foi trazida pelo vereador Ronaldo Lopes e Marquinho Amaral não deixou por menos. Voltou a sentar a lenha na secretária.

Constrangimento

De acordo com informações obtidas pela coluna, Natanael não foi chamado no "cantão" pela secretária. A bronca aconteceu em público. Se bem que o Newtão Lima, quando era prefeito, puxou a orelha de vários secretários em público, e todas com razão. Cabe uma reflexão: será que no caso da Denise o funcionário não mereceu a bronca?

Greve branca

No final de semana passado, não houve rodada do Campeonato Amador. Os árbitros se recusaram a apitar as partidas em função da violência de jogadores contra os "homens do apito".

Porém...

Há quem jure que os árbitros fizeram uma, digamos, greve para pressionar outras questões relacionadas à Secretaria de Esportes, como atrasos em pagamentos. Nos calabouços da política, dizem, que esse jogo de cena faz parte do processo de fritura de Zezão Favoretto.

Clima

Ainda não está nada bom o clima entre PMDB e governo Altomani. As fissuras estão aumentando a cada dia e o racha pode ser inevitável.

Explicando

É que um tal relatório de eficiência entre secretarias andou circulando pela administração municipal e as duas pastas que não serviram a contento Altomani e sua trupe foram Esportes e Trabalho e Emprego, as secretarias ocupadas por Hilário e Zezão.

Mas ...

É importante destacar aqui que no último domingo durante a final da Petizada e Futeboys, Zezão e Altomani, conversaram bastante antes da premiação, sentadinhos um do lado do outro nas cadeiras do Milton Olaio. O nosso mosquitinho tava por perto e ouviu muitas coisas, até o possível o boato do racha com o PMDB. O prefeito em nenhum momento manifestou interesse em fritar o Zezão. Mas em política tudo é muito dinâmico né?

Chama a polícia

Você sabia que o pai de um diretor de Secretaria da Prefeitura de São Carlos fez uns servicinhos de pintura para, advinhe quem, a Prefeitura. Isso pode, Arnaldo?

Conto

Reza a lenda que numa cidade que existe apenas na nossa imaginação um diretor de Prefeitura tem uma entidade, que continua recebendo subvenções municipais. Tomara que o Ministério Público fique atento a isso. Ops! Esqueci! A cidade só existe na nossa imaginação.

É sério!

O vereador Dé Alvim disse que o servidor José Rubens Zanchetta desdenhou do Ministério Público. Esse servidor era da administração regional do Santa Felícia e foi para o Saae para escapar de uma situação de nepotismo, segundo o vereador.

Demitido

Segundo Dé, o servidor disse a ele que se o Ministério Público mexesse com o seu caso, o promotor seria demitido. Será conto da carochinha do vereador ou o fato é real e o servidor tem santo forte?

Repercussão

Laíde Simões quer explicações da Prefeitura sobre a Prova do Laço, que aconteceu durante a exposição do Gado Brahman. A denúncia foi desta coluna, diga-se de passagem.

Repercussão II

Outro caso que ganhou repercussão em rádios e jornais da cidade foi o número de multas aplicadas em São Carlos, levantamento realizado por colaboradores da coluna e que ganhou espaço nas Rádios Clube e Realidade, no Jornal Mais Cidade e no Jornal Primeira Página. Bom para quem acha que ainda somos um "sitezinho" ou "jornalzinho", esta aí a resposta, os "poderosos da mídia", também acompanham a nossa humilde "coluninha".

Incoerência

Sinceramente não dá para entender o porque de se manter aquele posto de vigilância da Guarda Municipal na CEMEI Antônio Cotrim entre o Jardim Munique II e o São Carlos VIII. Mesmo após a reunião entre Sindspam e Secretaria de Governo, o local continua um lixo para se manter um servidor ali 24 horas por dia.

Incoerência II

O mais estranho é que existem tantas obras inacabadas ou paralisadas na cidade e pelo que sabemos, só ali existe esse posto fixo. Só para se ter uma idéia a poucos quarteirões da escola, existe outro prédio em construção com as obras paradas (USF do bairro) e estranhamente não fica ninguém lá.

Incoerência III

Seria o posto da CEMEI Antônio Cotrim a masmorra da Guarda Municipal, isto é, aquele local para onde é enviado aqueles servidores que não se identificam com as diretrizes "políticas" da atual Administração? É isso que parece isso sim. Sindspam, abre o olho...

Reflita

Se procuras uma mão disposta a te ajudar, tu a encontrarás no final do teu braço. Fale conosco: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo