Av. Morumbi
(sentido Centro/Bairro)
50 km/h
Av. Morumbi
(sentido Bairro/Centro)
50 km/h
Rua Cel. José Augusto de Oliveira Salles
(sentido Bairro/Centro)
50 km/h

"Nada de complicação, não teve complicação nenhuma comigo aqui, não existe nada difícil na prefeitura é muito mais fácil tocar a prefeitura do que a minha empresa".Essa foi a frase que o prefeito Paulo Altomani iniciou sua entrevista coletiva em comemoração aos 100 dias de seu governo na última quarta-feira.

Bom, muito bom que seja assim, pois essa declaração do prefeito mostra que a prefeitura foi bem dirigida ao longo desses últimos 12 anos (era PT). Estávamos preocupados com isso, pois a todo momento o que mais se ouvia eram só reclamações de seus secretários, de seus assessores, dos vereadores que lhe dão sustentação na Câmara Municipal. Pois bem, se está fácil "tocar a prefeitura" então podemos e devemos cobrar o prefeito.

Todos sempre pediam, "dá um tempo, deixa o homem trabalhar, etc..., etc... Oras para que dar um tempo se é fácil tocar a prefeitura? Se está fácil então, "nóis", podemos cobrar tudo que Altomani prometeu na campanha e que continuou prometendo depois de eleito. Se está fácil tocar a prefeitura e tem dinheiro no caixa (R$ 119 milhões, valor divulgado na festa), então isso só demonstra duas coisas: Ou é muito fácil tocar a prefeitura e o nosso prefeito está fazendo charminho para administrar, ou então seus secretários são fracos, mais fracos demais.

Frigideira

A declaração do prefeito de que é fácil administrar a prefeitura, vai criar uma baita saia justa para os seus secretários a partir de agora. Todos, praticamente todos, quando entrevistados, choravam nos microfones dizendo que tudo estava difícil, era um momento de transição, tinha de esperar, não tinha dinheiro e por aí vai...

Frigideira II

...Mas toda essa tese caiu por terra, se o prefeito que é o xerife, cacique, chefe, comandante, patrão diz que está fácil e tem dinheiro no caixa, quem são os secretários para contrariar o paiiiii.

Passou recibo

Se Altomani diz que é fácil administrar a Prefeitura de São Carlos e que o município tem dinheiro em caixa, ele afirma nas entrelinhas: Barba e Newton Lima fizeram uma administração austera. Ou seja: passou recibo para a oposição.

Bipolar

Engraçado, o prefeito no começo do ano, dizia que pegou uma cidade arrasada. Será que o prefeito sofre de transtorno bipolar ou é extremamente mal assessorado?

Alfinetada

É lógico que Altomani não ia deixar de dar uma alfinetada no PT quando ele estava falando do novo Albergue Infantil que será entregue nesse final do mês. Chamado de campo de concentração por Altomani ele ironizou: "Ele (Barba) era amigo da criança, imagine se fosse inimigo". Olha nisso somos obrigados a concordar, o atual albergue infantil É UMA VERGONHA NACIONAL".

Sem moral hein...

Na festa dos 100 dias do novo governo um detalhe nos chamou a atenção. A presença ínfima dos vereadores no evento. Dos 21, apenas cinco compareceram no paço municipal. Do seu partido apenas Rodson e Marquinho Amaral prestigiaram o evento. E olha que ninguém pode reclamar né, pois afinal os 119 cargos de confiança criados pelo prefeito, já estão praticamente ocupados pelos colaboradores...

Sem moral hein...II

Das duas, uma: ou os vereadores "continuam bravos" com o prefeito, ou... leram uma revista jabá da cidade onde ele apareceu na capa, que divulgou com antecedência, tudo aquilo que ele "revelou" durante o evento.

Novo tempo

O slogan da administração um novo tempo, tem um novo significado...Novo tempo de calibrar o saco e ter de aguentar 45 minutos de atraso para começar a "festa do prefeito". Os caras criticaram tanto o PT, mas fazem igualzinho.

Novo tempo II

Alberto Santos, quando repórter da Intersom, reclamava da demora das coletivas na administração petista. Hoje, chefe do cerimonial da Prefeitura, o que ele tem a dizer de uma cerimônia marcada para às 11h, que começou só com 45 minutos de atraso e terminou lá pelas 2 da tarde?

Aliás...

Como um funcionário da Prefeitura de São Carlos pode apresentar um dos mais importantes jornais de rádio da cidade? Cadê a isenção do jornalismo da Intersom ao permitir que o senhor Alberto Santos apresente tal programa...E não é só ele.

Aliás...II

O radialista Israel de Oliveira foi nomeado para trabalhar na Secretaria de Agricultura, de manhã ele apresenta um programa sertanejo na rádio Cidade de Itirapina. De hora em hora, na Rádio Realidade, apresenta um boletim informativo. A pergunta é: que horas o moço trabalha na secretaria?

Gafe

É lógico que não poderia faltar aquelas gafes que ocorrem com todos os governantes, e na maioria das vezes são provocados pelos "gênios e assessores de plantão". Na festa dos 100 dias, Altomani começou falando de uma menina com problemas de saúde, cujo pai, teria ligado para ele pedindo ajuda.

Gafe II

Os assessores explicaram tudo certinho ao prefeito, ele narrou uma história bacana, só que os "gênios" não disseram que o pai da menina estava presente. O rapaz foi chamado por alguns assessores, ele cruzou todo o palco, o prefeito parou de falar e ficou só observando sem saber quem era aquele homem. Ele só descobriu quando alguém gritou "é o pai da menina". Cada uma.

Promessas e promessas

O prefeito falou por uma hora tudo aquilo que a sua secretaria de comunicação já tinha divulgado exaustivamente na imprensa local. Mas mesmo assim, ele fez questão de repetir tudo. O pior que boa parte do que ele falou que foi conquista nesses 100 dias, já estavam programadas pela administração anterior, ou por empresas da iniciativa privada.

Promessas e promessas II

Ele falou de lousa digital, notebook para alunos (tudo que o Barba havia prometido e não cumpriu na sua totalidade), câmeras de segurança, blá, blá, blá.

Promessas e promessas III

Mas algumas são novidades e interessantes, e torcemos para que ele consiga cumprir. Uma delas é a criação de uma nova estação de água na região da avenida Morumbi, outra é fazer os moradores de rua que hoje "vivem" no albergue trabalhar e dar continuidade ao projeto da cidade da energia que mudará de nome e passará a se chamar cidade da tecnologia, restaurante Bom Prato  e por aí vai.

Que vergonha dos 100 dias

Até agora nada foi feito para dar um jeito na cratera aberta na rua Geminiano Costa na região central. Está faltando iniciativa, pois o próprio prefeito declarou que tem dinheiro para fazer obras. È só nomear um secretário que saiba fazer as coisas.

Que vergonha dos 100 dias II

Os novos assessores técnicos (confiança), chegaram ao cúmulo de pedirem a uma estagiária da secretaria de Obras para ensinar a ligar um computador. Em todas as secretarias os funcionários estão sendo obrigados a ensinar pessoas desqualificadas que ganham quase o dobro de seus salários. Isso sim é uma vergonha.

Choque na saúde (sem dias) I

O choque de gestão na saúde chegou na Unidade Básica de Saúde do Santa Felícia. O popular "postinho" está sem internet, sem cinco clínicos, sem três ginecologistas, sem uma enfermeira, sem quatro auxiliares de enfermagem...

Choque na saúde (sem dias) II

...sem uma auxiliar de limpeza, sem dois auxiliares de enfermagem, sem gase, sem dois computadores, sem medicação, sem blocos de receituário... Esses são os "sem" dias do governo Altomani. E olha que o posto do Santa Felícia atende 40 mil usuários!

UBS Aracy

Temos ainda mais para falar da saúde, mas vamos deixar para a coluna da terça-feira que vem. Vamos divulgar um email enviado por alguém que conhece bem o dia a dia da UBS do bairro Aracy.

Explicação

O servidor público (e nosso amigo) Clayton Renato o Macalé, nos procurou essa semana para explicar algumas situações onde o seu nome foi citado. Bom em primeiro lugar ele nos informou que não ficou afastado 12 anos do serviço público e sim 4 por causa de uma lesão que sofreu dando aulas.

Explicação II

Quanto às verbas destinadas pelo vereador Ditinho Matheus, ele informou que as mesmas são aplicadas para um projeto social chamado Novo Amanhã que atende cerca de 350 crianças na cidade que desenvolvem atividades esportivas como futebol, basquete entre outros esportes.

Explicação III

Em relação às arbitragens ele disse que esse serviço é realizado por uma associação de outra cidade que venceu a licitação no ano passado e que eventualmente ele era chamado por essa associação para apitar jogos. Sobre sua especialização, ele disse que é formado, pós-graduado e doutorado em educação física.

Balsa do Mogi

Que história é essa de colocar Guardas Municipais para tomar conta da Balsa do Rio Mogi lá em Santa Eudóxia? Lá é longe, não tem como se comunicar com a CCO e quando chove a estrada fica horrível. Sem contar que não tem banheiro, refeitório e por aí vai. Não é mais fácil colocar uma pessoa como seu Augusto (que não sei se está vivo ainda, mas que os mais antigos sabem de quem estou falando) que cuidava, protegia e amava aquele lugar?

Observação

Não vou nem comentar aqui, pois todos comentaram mais uma das pérolas do prefeito em coletivas. "Eu faço cultura de alto nível, cultura de ficar tocando bandolim e depois fumar maconha não é comigo não".

Essa é de doer o saco

O que o número 2 disse para o 1.000.000 (um milhão)? "Você é grande mas não é dois!". Fale conosco: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo