Av. Morumbi
(sentido Centro/Bairro)
50 km/h
Av. Morumbi
(sentido Bairro/Centro)
50 km/h
Rua Cel. José Augusto de Oliveira Salles
(sentido Bairro/Centro)
50 km/h

É difícil cobrar algo do governo Altomani na questão da saúde, pelo menos nesse momento. Estamos na expectativa do início das cirúrgias eletivas, que têm previsão para o início do mês, aliviando a fila de pacientes, que ultrapassa 3 mil. Entretanto, o secretário Edílson Abrantes precisa ser transparente e escancarar alguns desmandos da administração petista na saúde.

O secretário Abrantes precisa esclarecer se existem situações duvidosas e de supostas fraudes em pagamentos de horas-extras, compras exageradas de cilindros de oxigênio, pagamentos duvidosos na manutenção da frota e, de preferência, levar o caso à frente, acionando o Ministério Público e indicando quem são os suspeitos, afinal a população e a imprensa estão cansadas de ser enganadas por pessoas de caráter duvidoso.

Não somos tontos

Gente! Vamos parar de ser jecas! Essa história de não realizar Carnaval em São Carlos caiu no colo da Coordenadoria de Artes e Cultura. No final do ano passado, houve remanejamento de R$ 1 milhão do orçamento da pasta para a realização das cirurgias eletivas.

Não somos tontos (2)

Se houver um empenho da Liga das Escolas de Samba, todo o problema pode ser solucionado a tempo, segundo o próprio presidente da entidade, Paulo Domingos dos Santos. A verdade é que a irregularidade na prestação de contas e o corte profundo de recursos da Coordenadoria foi o casamento perfeito da fome com a vontade de comer.

Peitada

O coordenador de Artes e Cultura da Prefeitura, Ney Vilela só deixou a Secretaria de Educação, pasta que outrora fora anunciada como de sua responsabilidade, porque tentou manter três diretoras de escola, que tinham ligações estreitas com a administração petista. Bateu de frente com o chefe e dançou.

Peitada (2)

Essa história de estar super contente na Coordenadoria de Artes e Cultura é conto da carochinha. Vou a saída mais digna que encontraram para amenizar os efeitos da insubordinação.

Cantamos a bola

Na quarta-feira falamos sobre a ausência de um diretor da Defesa Civil. Não deu outra: choveu na quinta e nenhuma viatura para dar auxílio na região da Getúlio Vargas para auxílio às demais forças de segurança e socorro do município.

Cantamos a bola (2)

O secretário de Governo, Júlio Soldado, disse que o Pedro Caballero foi ao local com carro particular, o que não justifica. A Defesa Civil precisa ser definida com a equipe de apoio ao trabalho de Caballero. E pra ontem!

Desbotado

Se depender de alguns secretários de Altomani, a cor vermelha deveria ser extinta. Acredite: tem gente do primeiro escalão encanada com a cor da camisa que o funcionário vai ao trabalho. Atenção, funcionário público: ser for com camisa vermelha pode ser tachado de petista.

Descuidados

A Secretaria de Administração, quando era comandada por Ana Ponce, chegou a perder a carteira de trabalho de uma funcionária de carreira de décadas. A funcionária, ao questionar a secretária, ouviu: o que é que eu posso fazer...! frase lamentável. Mas a gente acha que a resposta poderia ser dada pela funcionária: colocar gente competente para trabalhar na administração!

Tá vendo, Barba!

É por essas e outras que o senhor perdeu a eleição...

Recadinho

O vereador Paraná e sua trupe reclamavam, reclamavam, reclamavam da falta de água no assentamento Nova São Carlos. Depois do dia 8 de outubro, não reclamaram mais. Ou o abastecimento do assentamento foi resolvido ou as eleições passaram.

Que lambança

Marcelo Krauser, o diretor de marketing "importado" de São Paulo, começou a fazer lambança na Secretaria de Comunicação. Na capa do carnê do IPTU 2013, o moço deixou passar uma foto de quando o prédio a Câmara era pintado de azul e a Praça Coronel Salles não havia sido revitalizada. E a Praça fica bem pertinho da secretaria dele. Basta andar uma quadra, se bem que ele deve conhecer pouco São Carlos. A foto do novo carnê está na capa do Diário Oficial desta sexta-feira.

Que lambança II

Porém no material enviada para a imprensa, via secretaria de comunicação, estranhamente a capa do mesmo carnê aparece com o prédio pintado de marrom e a praça revitalizada. Vai ententer...

É bom esclarecer

O mesmo Diário Oficial traz um aditamento de contrato para o funcionamento dos Restaurantes Populares no valor de R$ 201 mil. Até aí, tudo bem. O negócio é que o aditamento tem a data de 28 de dezembro, o que cai por terra a declaração de Claudio di Salvo dando conta que o PT não realizou os procedimentos para o prosseguimento do contrato com a empresa CS. Cabe um esclarecimento da atual administração sobre tal procedimento.

Ciclovias

Semana passada circulou na internet um manifesto de apoio para a manutenção das ciclovias que foram implantadas no ano passado pelo então prefeito Oswaldo Barba. Louvável a atitude. Porém é uma pena que as ciclovias implantadas saem do "nada e levam para lugar nenhum..."

Ciclovias II

As duas únicas ciclovias de verdade que existem em São Carlos e que de fato "eram" utilizadas pelos ciclistas, estão completamente abandonadas. Me refiro a ciclovia da serra do Cidade Aracy e a que se inicia na avenida Morumbi e margeia parte da rodovia Professor Luís Augusto de Oliveira.

Ciclovias III

Essas duas ciclovias citadas, estão bem com a "cara" das ruas de São Carlos...abandonadas, cheias de buracos, etc..., etc..., etc....

Por hoje é só. Fale com a gente o nosso e-mail é: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo