Rua Cel. José Augusto de Oliveira Salles
(sentido Centro/Bairro)
50 km/h
Rua Cel. José Augusto de Oliveira Salles
(sentido Bairro/Centro)
50 km/h
Av. Morumbi
(sentido Centro/Bairro)
50 km/h

O governo Oswaldo Barba foi marcado por um triste fim. Melancólico talvez seja a palavra mais adequada. Fruto de acordos políticos selados pelo seu mentor político, o ex-prefeito teve de engolir figuras nefastas da política, que só acrescentam ódio e nojo por onde pousam, igual  mosca varejeira. O que fizeram com os servidores públicos e com a população carente é lamentável.

E a falta de água então... dilaceram o SAAE no passado não muito passado assim. Muitos servidores públicos dependem do café da manhã que lhes é servido. E isso não é favor. Foi decidido em Acordo Coletivo e acatado pelo PT. E o povo que usa o Restaurante Popular. As pessoas designadas para cuidar do programa sabem - e muito bem - que muitos usuários têm no restaurante um alento para a despensa vazia de casa.

Fica a nítida impressão que, após a derrota legítima nas urnas, certos secretários do governo petista apertaram o botão f...! E a população que se dane! Passada a euforia de fim de mandato, Barba deve ter se tocado que, no seu governo, faltou personalidade. Ele esbanjou vontade em administrar São Carlos para o Brasil, faltou cuidar do próprio quintal.

Propina

O presidente do Sindspam, Adail Alves de Toledo, ficou furioso com o novo presidente do SAAE, Sérgio Pepino. Segundo Adail, numa reunião com os funcionários na última quarta-feira, Pepino não aceitaria propinas na autarquia.

Explicando

Pepino se defendeu. Disse que não falou nada de propina. Só não vai aceitar que o SAAE seja um balcão de negócios. Ah, tá! Se bem que dependendo da interpretação, balcão de negócios e propina andam juntinhos, de mãos dadas.

Engraçado

Pra quem não sabe, a empresa de Pepino, a Icam, é uma das grandes fornecedoras de artefato de concreto para o SAAE. A pergunta é: Sérgio Pepino, na época de fornecedor da autarquia, pagava propina a alguém.

Ainda no SAAE

Sérgio Pepino tratou de destituir uma penca de funcionários do SAAE que ocupavam funções gratificadas. Em miúdos: eram cargos de confiança. Tem gente que está nesta condição desde a época do Vadinho de Guzzi, já falecido. Esses, sim, são heróis da resistência. Ou, puxa-sacos mesmo!

Querendo saber

Será que o Pepino [por favor, sem  trocadilhos] terá "saco roxo" para tirar esqueletos dos armários da autarquia. Um antigo adversário político do Altomani hoje morre de amores pelo prefeito de São Carlos.

Na Câmara

Eduardo Cotrim, o conhecido "cai pra cima", é o novo assessor especial do presidente da Câmara, Marquinho Amaral. Netto Donato é o assessor jurídico da Casa Legislativa.

Competentes

Rodrigo Venâncio continua como diretor da Câmara e Paulo Bolzan como diretor financeiro. A competência de ambos não se discute, mas a permanência deles teve, sim, um preço: o voto dos quatro vereadores petistas em Marquinho Amaral como presidente do Legislativo.

Cena curiosa

Na posse de Paulo Altomani, no auditório da Prefeitura, nos deparamos com o simpático Tuca Spaziani e a sua namorada, filha de Paulo Mancini, petista de carteirinha. A democracia política em família é bem interessante.

Boa ideia

A ouvidoria do município está, literalmente, surda faz um 6 meses. Na quarta-feira passada, o Carlinhos Lima deu uma boa ideia. Nomear como ouvidor do município funcionário de carreira, com isenção de elogiar e criticar as ações de governo. A ouvidoria do município sempre foi gerida por funcionários de confiança e, curiosamente, todos eles, simpatizantes do vereador Edson Fermiano (PR).

Ah, tá!

Se bem que todo o governo detesta ser criticado, portanto, Carlinhos, essa ideia não deve ser absorvida pelo Altomani.

Fesc

O leitor Aurélio Sanches está preocupado com a pista de saúde da Fesc no campo do Rui Barbosa. É que o prefeito Altomani disse que vai reconstruir o campo de futebol, porém a pista ficou bem atraente e teve um custo de R$ 360 mil com outras intervenções na Fesc.

Fesc 2

Sanches questiona: vão inutilizar a pista de saúde ou mudar o traçado em função do campo. Ele acredita que a Prefeitura deveria se preocupar com outros campos de futebol como o da Vila Isabel (Álvaro Zuin), que virou pasto para cavalos e um campo do Cidade Aracy, que homenageia o professor Bibi Marotti e não gastar mais dinheiro público naquilo que já foi feito. Fica o recado.

Cala boca Batista !

O vereador Ronaldo Lopes (PT), perdeu a grande chance de permanecer calado na posse do prefeito Paulo Altomani e dos seus companheiros do Legislativo. Resultado: Levou uma histórica vaia do público presente no Teatro Municipal.

Converse com a gente

Mande o seu desabafo e a sua ácida para: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.. Bom fim de semana!



Adicionar comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Portal SCDN. Se achar algo que viole as regras de uso, denuncie.


Código de segurança
Atualizar codigo